Créditos: Engadget

Xbox Scarlett: especificações das duas versões do console aparecem em rumor

A versão mais potente pode chegar com 12 Teraflops

A Microsoft vai lançar o Project Scarlett, próximo console da linha Xbox, só no fim de 2020, mas o pessoal do Windows Central descobriu as supostas especificações dos dois dispositivos que devem compor a próxima geração de video games da Microsoft. As informações teriam vindo de "múltiplas fontes" do site e, como a chegada dos produtos ainda está distante, pode ser que alterações no projeto sejam feitas até a apresentação oficial.

De acordo com o site, o Xbox Scarlett será lançado em duas versões: enquanto a variante com codinome Anaconda chegará para ganhar terreno com poder bruto, a edição desenvolvida com o nome Lockhart seria voltada para o custo-benefício, sendo a opção mais barata entre os consoles da nova geração.

Muitos Teraflops

O suposto Xbox Anaconda teria poder computacional bruto de aproximadamente 12 Teraflops, enquanto o Lockhart mira em 4 TFLOPs. Em grau de comparação, o Xbox One X possui 6 TFLOPs, enquanto a edição convencional do console oferece desempenho de cerca de 1,4 TFLOPs. 


Imagem: Windows Central/Reprodução

Na parte de CPU, ambos os consoles teriam oito núcleos rodando em até 3,5 GHz, com o Xbox Anaconda oferecendo melhor desempenho em comparação ao Lockhart. Segundo já foi confirmado pela própria Microsoft, a AMD será responsável pelo desenvolvimento do processador usado nos consoles de próxima geração. 

- Continua após a publicidade -

O Windows Central também aponta que o Anaconda contará com 16 GB de memória RAM, sendo que 13 GB vão para os games e os 3 GB restantes ficam reservados ao sistema operacional do console. Além disso, o dispositivo também deve permitir o uso do SSD como RAM virtual para acelerar o desempenho de certos jogos, quando necessário.

SSD e xCloud

De acordo com os rumores, a Microsoft utilizará uma tecnologia própria de SSD NVMe em ambos os consoles da linha Scarlett. Assim como acontecerá no PS5, os dispositivos da linha Xbox também prometem reduzir ao máximo o tempo de carregamento nos games. A fabricante também estaria otimizando o sistema de downloads do Anaconda e Lockhart para permitir que o usuário jogue no serviço de nuvem xCloud enquanto títulos são baixados localmente.

Falando em xCloud, a tendência é que a Microsoft dê bastante ênfase para o serviço durante a próxima geração. Além de já ter confirmado que o Scarlett terá suporte para retrocompatibilidade, a empresa está trabalhando para adaptar todos os jogos do Xbox One para rodar via nuvem.

A Microsoft prometeu que o Project Scarlett chegará ao mercado no final de 2020 e não comentou oficialmente sobre os vazamentos. Logo, vale a pena ficar com um pé atrás em relação aos rumores. Você está ansioso pela chegada dos consoles da próxima geração? Deixe sua opinião nos comentários!

Fonte: Windows Central
  • Redator: Mateus Mognon

    Mateus Mognon

    Mateus Mognon é formado em Jornalismo pela Universidade Federal de Santa Catarina. Vencedor do prêmio SET Universitário na Categoria Reportagem Digital, atua nos sites do grupo Adrenaline desde 2014. Atualmente, colabora para os veículos com notícias, análises e artigos envolvendo tecnologia e games.

Deve ter lançamentos como leve melhorias na mesma arquitetura

O que você achou deste conteúdo? Deixe seu comentário abaixo e interaja com nossa equipe. Caso queira sugerir alguma pauta, entre em contato através deste formulário.