Créditos: DualShockers/ Reprodução

Conheça I Am Jesus Christ, um simulador de Jesus Cristo

“Você está pronto para lutar com Satanás?”

A moda dos simuladores pode estar indo longe demais. Surgiu na Steam a página de um game em VR chamado I Am Jesus Christ, cuja proposta, como o próprio nome já anuncia, é controlar Jesus Cristo. O game até ganhou um trailer de anúncio.

Com a advertência de se tratar de um “jogo de simulação altamente realista”, I Am Jesus Christ dá ao jogador a possibilidade de realizar milagres. A proposta, como mostra o vídeo, consiste em ajudar pessoas, alimentando e curando. Também é possível andar sobre as águas, expulsar demônios e até mesmo ressuscitar. O game é completamente baseado no Novo Testamento da Bíblia Cristã, começando pelo batismo de Jesus Cristo.

Segundo a descrição na Steam, mais de 30 milagres podem ser realizados ao longo do jogo. Também há informação sobre um mundo aberto, um "super poder do Espírito Santo", e uma luta realista com Satanás. Não fica claro qual será exatamente o tipo de jogabilidade.

- Continua após a publicidade -

“Você está pronto para lutar com Satanás no deserto, exorcizando demônios e curando pessoas doentes? Ou acalmar a tempestade no mar?”

De acordo com o Screen Rant, I Am Jesus Christ está sendo criado por um desenvolvedor desconhecido chamado SimulaM e será publicado pela PlayWay, famosa por Car Mechanic Simulator e Cooking Simulator. O jogo, que ainda não tem data de lançamento definida, está apenas marcado como "em breve" na Steam – a página, aparentemente, está indisponível no momento.

Vale lembrar que a relação dos jogos com a religião nunca foi muito amigável, por isso I Am Jesus Christ é uma aposta arriscada. Há algum tempo foi lançado o polêmico Fight of Gods, que tinha Jesus entre os deuses mais icônicos da história reunidos para lutar em uma arena. Na época, a Steam chegou a ser banida temporariamente da Malásia.

Via: DualShockers, Screen Rant
Tags
  • Redator: Gabriel Tagarro

    Gabriel Tagarro

    Formado em jornalismo pela Universidade Castelo Branco, é apaixonado por games desde 1994, quando ganhou um Master System. Joga de tudo um pouco, seja no PC ou no console. Ama tecnologia e escreve com prazer sobre tudo que a envolve.

É melhor ter o xCloud capado no iOS ou ficar sem o serviço nos iPhones?

O que você achou deste conteúdo? Deixe seu comentário abaixo e interaja com nossa equipe. Caso queira sugerir alguma pauta, entre em contato através deste formulário.