Créditos: Asus

Asus lança ROG Strix Riser Cable para PCs personalizados

Cabo tem conexão PCIe para melhorar o posicionamento de placas de vídeo

A Asus lançou a sua nova solução para conectores personalizados PCIe. O ROG Strix Riser Cable permite a conexão de diferentes maneiras, inclusive com a placa de vídeo na vertical, sem comprometer a estética dos gabinetes. Isso é importante principalmente para os entusiastas, que investem em um belo equipamento, mas por vezes as conexões não alcançam e comprometem o design final. O objetivo da empresa é que isso seja evitado, com um cabo flexível simples, que se adequa a diferentes tipos de máquinas. Você pode ver como ele funcionaria na imagem de exemplo abaixo, disponibilizada pela própria Asus:

O Riser possui uma placa de base espessa que funciona como PCB, com um slot PCI-Express x16 reforçado com metal, que é chamado de Safe Slot. Esse Slot não é algo novo, ele já é usado pela Asus na maioria de suas placa-mãe Rog, que são produtos premium. Segundo a empresa, o cabo com esse material consegue ser até 1,8x mais resistente que materiais de plástico tradicionais, que são usados na maioria dos demais cabos.

O anúncio não deu muitas informações adicionais sobre o ROG Strix Riser Cable, como por exemplo: ainda não se sabe exatamente qual o tamanho que ele irá medir e se haverá alterações dessa medida. O que se espera é que ele tenha um comprimento de 18 até 20cm e ainda não se sabe qual será a sua espessura. Aparentemente, ele não será muito grosso e poderá ser dobrado conforme a necessidade de cada usuário. 

- Continua após a publicidade -

Outra informação que ainda não está disponível é se ele vai ter apenas a cor preta, ou se a Asus irá colocar outras opções de cores. O site TechPowerUp brincou falando que esse é o primeiro produto Rog em muito tempo que não traz luzes RGB, pode ser que a empresa invista pelo menos em mais opções de personalização para compensar essa falta.

A Asus ainda não revelou quando ele estará disponível para os usuários e qual será o valor que ele deve começar a ser comercializado. Também não foram indicados para quais mercados ele estará disponível.

Via: TechPowerUp
Assuntos
Tags
  • Redator: Ana Luiza Pedroso

    Ana Luiza Pedroso

O que você achou deste conteúdo? Deixe seu comentário abaixo e interaja com nossa equipe. Caso queira sugerir alguma pauta, entre em contato através deste formulário.