Retina Display do iPhone 4 pode virar coisa do passado

A japonesa Ortustech, em pareceria com a Toppan Printing e a Casio, desenvolveu o menor display FullHD do mundo, com 4.8 polegadas e resolução de 1080p, façanha possível ao espremer 458 pixels por polegada.

O número é superior ao do Retina Display, uma das grandes novidades do iPhone 4, que promete imagens vibrantes e textos nítidos em qualquer tamanho, conforme a Apple.



Com uma tela de 3.5 polegadas, o smartphone da Apple tem "apenas" 326 pixels por polegada, resultando em 960x640 pixels de resolução. Para superar essa marca, a Ortustech utilizou uma tecnologia de ligações super-estreitas com melhor qualidade óptica, para reduzir a distância entre cada pixel e oferecer uma melhor luminosidade, segundo o Slashgear.

De acordo com o Electronista
, o display ainda tem ângulo de visualização de 160 graus e suporte para 16 milhões de cores. A Ortustech sugere que a novidade pode ser usada, por exemplo, em smartphones e videogames portÁteis, mas a tecnologia ainda não estÁ adaptada para uso comercial. Sua produção em massa vai depender da avaliação de alguns fatores, como o custo total do desenvolvimento.

Levar altas resoluções para telas cada vez menores parece ser a aposta do futuro. Na Universidade de Michigan, nos Estados Unidos, pesquisadores estão desenvolvendo um sistema de "nanopixels", que pode permitir a criação de displays com pixels oito vezes menores que os normais. Caso chegue a produtos comerciais, poderÁ dar origem a telas do tamanho de selos postais com suporte a FullHD.

Assuntos
Tags
  • Redator: Risa Lemos Stoider

    Risa Lemos Stoider

    Formada em Jornalismo pela Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC) e gamemaníaca desde os 4 anos de idade. Já experimentou consoles de várias gerações e atualmente mantém uma ainda modesta coleção. Aliando a prática jornalística com a paixão pela tecnologia e os games, colabora com a Adrenaline publicando notícias e artigos.

Qual vai ser o melhor game de setembro de 2020?

O que você achou deste conteúdo? Deixe seu comentário abaixo e interaja com nossa equipe. Caso queira sugerir alguma pauta, entre em contato através deste formulário.