Créditos: AMD

Novas APUs Ryzen 4000 da AMD virão com GPUs Vega 12 e Vega 15 integradas [Rumor]

As novas APUs da AMD não usarão GPUs baseadas na arquitetura Navi
Por Fabio Rosolen 13/11/2019 09:32 | atualizado 19/11/2019 13:50 Comentários Reportar erro

Depois dos rumores iniciais dizendo que a nova linha de APUs Ryzen 4000 da AMD, codinome Renoir, teriam a GPU Vega 10 integrada, novos rumores agora dizem que os chips virão com GPUs Vega 12 e potencialmente Vega 13 e Vega 15 integradas.

As informações foram divulgadas por Komachi_Ensaka, conhecido por vazar informações sobre hardware no Twitter usando o nome Locuza. Ele observou múltiplas listagens de chips Renoir com “B12” em seus nomes, o que aponta para GPUs com 12 unidades computacionais.

Locuza também notou que devido ao uso do processo de 7nm para as APUs de última geração da AMD, pode ser possível integrar as GPUs Vega 13 ou Vega 15 aos chips, já que os novos processadores permitem projetos mais densos.

Uma possível APU com GPU Vega 13 poderia ter uma configuração de unidades computacionais 3+3+3++3+1, com cada unidade computacional tendo 32KB de cache de instrução L1 (L$) e 16KB de cache constante (K$).

Uma configuração 3+3+3+2+2 pode ser ainda mais provável. Se essas configurações existirem, também pode ser possível que exista uma configuração 3+3+3+3+3 em uma GPU integrada Vega 15.

- Continua após a publicidade -

E a Navi?
A tão esperada microarquitetura de GPUs Navi finalmente chegou este ano para desktops. No entanto, mesmo que as novas APUs Renoir tenham lançamento previsto para o primeiro semestre de 2020, parece que elas continuarão a usar a microarquitetura de GPUs Vega.

Em muitos casos as APUs da AMD tendem a chegar ao mercado com tecnologia um pouco mais antiga em relação aos outros chips da empresa. O detalhe é que o esquema de nomenclatura de produtos da AMD não torna isso tão aparente.

As APUs Renoir devem ser lançadas oficialmente com a marca Ryzen 4000 e nós provavelmente só veremos APUs com GPUs integradas baseadas na arquitetura Navi em 2021 usando uma nomenclatura como Ryzen 5000.

O mais importante é se as APUs serão ou não capazes de competir com a NVIDIA e a Intel em áreas como desempenho, eficiência e preço - o nome é o de menos.

Fonte: Tom's Hardware
Tags
  • Redator: Fabio Rosolen

    Fabio Rosolen

Quem estava pior no primeiro vídeo?

O que você achou deste conteúdo? Deixe seu comentário abaixo e interaja com nossa equipe. Caso queira sugerir alguma pauta, entre em contato através deste formulário.