Créditos: Obsidian/Divulgação

The Outer Worlds é considerado um "sucesso comercial" pela Take-Two

No final das contas, fazer um RPG sem microtransações também pode ser bom para os negócios

Em um mundo com cada vez mais microtransações e jogos como serviço, The Outer Worlds chegou com uma proposta mais sóbria e entrega uma experiência de RPG focada no single-player. Aparentemente, essa pegada mais "raiz" da Obsidian agradou a publisher Take-Two, que considera o game um sucesso.

Durante a revelação de seu relatório fiscal mais recente, a gigante dos games disse que The Outer Worlds "excedeu as expectativas facilmente" e é um sucesso comercial. A companhia, porém, não revelou números de vendas do RPG em primeira pessoa. 

As palavras positivas sobre o game são algo no mínimo inesperado vindo da empresa, que comanda gigantes como a Rockstar Games e teve quase 60% de seus ganhos no trimestre anterior vindos de DLCs e microtransações. No total, as extensões e vendas in-game renderam cerca de US$ 540,5 milhões para os cofres da companhia.

Sem loot boxes, nada de microtransações

Em 2017, quando The Outer Worlds ainda não tinha sido anunciado oficialmente, o pessoal da Obsidian chegou a fazer alarde nas redes sociais por publicar um jogo em parceria com a Take-Two sem a presença de sistemas de monetização in-game.

Na época, os desenvolvedores Leonard Boyarsky e Tim Cain fizeram um breve vídeo no Twitter confirmando que o jogo não teria loot boxes ou microtransações. Felizmente, eles cumpriram a promessa e The Outer Worlds chegou trazendo uma experiência limpa e focada totalmente na jogabilidade single-player.

- Continua após a publicidade -

The Outer Worlds é feito pela mesma equipe que deu vida a Fallout: New Vegas e foi produzido em parceria com a Private Division, subsidiária da Take-Two que também possui Kerbal Space Program e Ancestors: The Humankind Odyssey no currículo.

Apesar de a Obsidian ter sido comprada pela Microsoft, isso não afetou negativamente o lançamento de The Outer Worlds e o jogo chegou para PS4, PC e, obviamente, Xbox One. O título já está presente no catálogo do Game Pass, tanto para console quanto para computador, e em 2020 também deve chegar ao Nintendo Switch.

Via: VG247
  • Redator: Mateus Mognon

    Mateus Mognon

    Mateus Mognon é formado em Jornalismo pela Universidade Federal de Santa Catarina. Vencedor do prêmio SET Universitário na Categoria Reportagem Digital, atua nos sites do grupo Adrenaline desde 2014. Atualmente, colabora para os veículos com notícias, análises e artigos envolvendo tecnologia e games.

O que você achou deste conteúdo? Deixe seu comentário abaixo e interaja com nossa equipe. Caso queira sugerir alguma pauta, entre em contato através deste formulário.