Créditos: DigiTimes

Intel pode apresentar sua primeira GPU dedicada de 10nm até meio de 2020

Empresa pode estar planejando revelar sua GPU baseada em arquitetura Xe até meio do ano que vem
Por Daniel Trefilio Carvalho 18/10/2019 16:00 | atualizado 19/10/2019 07:13 Comentários Reportar erro

Fontes da indústria de tecnologia próximas ao site DigiTimes indicam que até o meio de 2020 (época em que normalmente ocorre a Computex, em Taipei), a Intel tem a intenção de apresentar sua primeira GPU dedicada baseada na arquitetura Xe, utilizando tecnologia de 10 nm (nanômetros). 

Contudo, em vez de focar pura e diretamente no mercado dedica a jogos, a empresa tem o intuito de inicialmente combinar suas novas GPUs com sua já consolidada linha de CPUs para assim criar uma plataforma proprietária que busque aumentar sua fatia do mercado de datacenters, Inteligência Artificial (IA) e aplicações de machine learning, com isso afetando diretamente a Nvidia, que já há algum tempo vem investindo pesado no setor com produtos como a plataforma Nvidia EGX.

Com uma plataforma mais direcionada a esses setores, é certo assumir que haverá um crescimento na receita proveniente do mercado empresarial e de Pesquisa e Desenvolvimento (P&D), além de aumentar a influência da empresa inclusive no setor de carros autônomos 

A Intel, que já havia tentado entrar no mercado de GPUs por duas vezes, falhando em ambas as ocasiões, decidiu por investir pesado no retorno, inclusive tendo buscado a contratação do ex-Diretor de Tecnologia (CTO) da AMD, Raja Koduri. Outro investimento significativo da empresa foi o estabelecimento do um centro de P&D na Índia com uma equipe de engenheiros, e está empenhada em apresentar essas novas placas de vídeo baseadas em Xe de 10nm ainda em 2020, e uma nova GPU já em 7nm, que contará com sua tecnologia de "empilhamento" de chips Foveros 3D, já para 2021

Créditos: hexus.net

 

- Continua após a publicidade -

Até o momento, as novas placas gráficas da Intel já  recebeu suporte da cadeia logística e já recebeu integração com suas CPUs para facilitar seu nos campos de IA e datacenter.

 

Via: TechPowerUp Fonte: DigiTimes
  • Redator: Daniel Trefilio Carvalho

    Daniel Trefilio Carvalho

    Formado em Letras pela Universidade Estadual de Campinas, professor, tradutor e revisor. Nas horas vagas, instalando impressora e formatando PCs desde os tempos que Alone In The Dark era um jogo bom e ocupava 4 disketes.

Bingo pré-lançamento Radeon RX 6000. A Big Navi vai ser:

O que você achou deste conteúdo? Deixe seu comentário abaixo e interaja com nossa equipe. Caso queira sugerir alguma pauta, entre em contato através deste formulário.