Créditos: Divulgação/MSI

Remessas de desktops, notebooks e monitores cresceram 16,5% no segundo trimestre

A IDC prevê um crescimento constante desses mercados até o ano de 2023
Por Felipe Gugelmin 01/10/2019 10:17 | atualizado 01/10/2019 10:17 Comentários Reportar erro

Um relatório divulgado pela International Data Corporation (IDC) na última segunda-feira (30 de setembro) mostra que o mercado de notebooks, desktops e monitores está passando por uma fase bastante saudável. Segundo a empresa, as remessas chegaram a 10,4 milhões de unidades no segundo trimestre fiscal de 2019, um crescimento de 16,5% em relação ao mesmo período do ano passado.

A IDC explica que, entre os fatores que ajudaram no crescimento, estão o aumento da disponibilidade de CPUs e a resolução de alguns problemas de inventários de GPUs. Os notebooks voltados a games são o destaque, tendo crescido 12,7% graças ao lançamento de modelos com suporte ao Ray Tracing e com faixas de preço mais distintas.

Fonte da imagem - Divulgação/IDC

O mercado de desktops cresceu 3,3%, resultado da chegada de uma nova geração de processadores da Intel. Além disso, a reestruturação na faixa de preços cobrados por GPUs com suporte ao Ray Tracing aqueceu o mercado e diminuindo o inventário excessivo de hardwares disponíveis.

Crescimento modesto, mas constante

- Continua após a publicidade -

A política também teve um papel importante nesse crescimento: consumidores decidiram investir mais em produtos temendo um possível aumento de preços resultante da guerra comercial entre China e Estados Unidos. Para completar, o mercado de monitores continua saudável e registrou o mais crescimento ano a ano entre as categorias analisadas.

Fonte da imagem - Divulgação/Corsair

A IDC antecipa que o mercado de desktops, notebooks e monitores vai chegar ao final de 2019 com um crescimento de 9,6%, com 42,8 milhões de unidades enviadas. A expectativa é que o crescimento seja constante, embora modesto, até 2023, graças a um ecossistema de games com hardwares mais acessíveis.

Entre os desafios encontrados pelas fabricantes podem estar o crescimento do mercado mobile e a adoção de novos modelos de mercado graças aos jogos pela nuvem. Isso pode expandir o número de jogadores, mas, ao mesmo tempo, apresentar um desafio mesmo a sistemas que não são considerados Premium a médio e longo prazo.
 

Via: TechPowerUp Fonte: IDC
Tags
  • Redator: Felipe Gugelmin

    Felipe Gugelmin

    Jornalista com 10 anos de experiência nas áreas de tecnologia e games, gosta de estar por dentro das últimas tendências e novidades. Dedica boa parte do tempo livre a jogar (representante da PC Master Race), mas também arranja um tempo para a vida social, leituras e dar passeiros com seu cachorro.

Qual vai ser o melhor game de outubro de 2020?

O que você achou deste conteúdo? Deixe seu comentário abaixo e interaja com nossa equipe. Caso queira sugerir alguma pauta, entre em contato através deste formulário.