UE diz que Worm Stuxnet representa uma "mudança de paradigma"

A Agência Européia responsÁvel pela segurança na web (ENISA) alertou que o enigmÁtico vírus/worm Stuxnet representa uma verdadeira "mudança de paradigma" na guerra cibernética.

"Stuxnet é uma nova classe e dimensão de malware. Seus criadores claramente investiram uma quantia significativa de tempo e dinheiro para construir uma ferramenta de ataque tão complexa", explicou o diretor executivo da ENISA, Dr. Udo Helmbrecht.

"Trata-se de uma praga virtual complexa e sofisticada, uma vez que utiliza a combinação em explorar quatro diferentes vulnerabilidades no Windows e o uso de dois certificados de segurança roubados, para então atacar o complexo controle de supervisão e aquisição de dados dos sistemas SCADA."

- Continua após a publicidade -

Ainda de acordo com o diretor da ENISA, o Stuxnet foi um dos primeiros "ataques organizados e bem preparados", da história da internet contra instalações industriais. Diante disso, os governos e empresas devem tirar uma lição de como proteger suas infra-estruturas de informação no futuro. Para Helmbrecht, o Worm trouxe uma "mudança de paradigma" em termos da filosofia de proteção sobre a infra-estrutura crítica de informação (CIIP). Novas abordagens e conceitos deverão ser tomados para evitar ataques futuros do gênero.

Para quem não acompanhou de perto o caso, a comunidade internacional chegou a entrar em princípio de pânico com a notícia veiculada no final de setembro, quando o Worm Stuxnet chegou a infectar alguns sistemas da usina nuclear iraniana Bushehr. Na época, seu diretor, Mahmoud Jafari, minimizou o ataque, informando que fora algo isolado, não chegando a causar nenhum dano às principais mÁquinas da instalação.

Assuntos
Tags
  • Redator: Filipe Braga

    Filipe Braga

    Filipe Braga é um cearense extremamente simpático formado em Ciências da Computação e apaixonado por computadores e tecnologia em geral. Também participa de reviews de hardware, especialmente placas de vídeo, processadores e placas mãe.

Deve ter lançamentos como leve melhorias na mesma arquitetura

O que você achou deste conteúdo? Deixe seu comentário abaixo e interaja com nossa equipe. Caso queira sugerir alguma pauta, entre em contato através deste formulário.