Lisa Su, da AMD, estreia na lista de melhores CEOs da revista Barron's

A revista de negócios Barron's publicou a sua lista de "Melhores CEOs do Mundo de 2019" e uma figura importante do mundo do hardware estreou na seleção: a comandante da AMD, Lisa Su. A executiva está no comando da empresa de tecnologia desde 2014 e ganhou destaque tanto na versão online quanto impressa da publicação.

De acordo com a Barron's, o motivo para Lisa Su aparecer na lista foi a evolução da AMD sob seu comando: segundo a publicação, a fabricante de semicondutores passou de uma simples competidora para uma empresa que obriga a Intel a correr atrás de seu dinheiro no mercado de CPUs.


Imagem: Techspot

Desde sua chegada ao posto de diretora executiva da AMD, Lisa Su participou de momentos importantes para a companhia, como o lançamento da arquitetura de CPUs Zen, que trouxe os processadores Ryzen para o mercado. No setor de GPUs, a fabricante já lançou produtos das linhas Polaris, Vega e, recentemente, apresentou os novos hardwares para consumo baseados em Navi.

Falando para a revista, Lisa Su revelou que a chave para seu sucesso é a experiência como engenheira, o que garante mais proximidade com o desenvolvimento dos produtos. Atualmente, a CEO tem ganhado destaque por trazer ao mercado a arquitetura de processadores Zen 2, feita em litografia de 7 nanômetros.

"Adoro passar tempo com os engenheiros, ir ao laboratório e ter uma ideia dos verdadeiros desafios, porque isso me ajuda a tomar melhores decisões sobre os negócios"
- Lisa Su, em entrevista para a Barron's

"Adoro passar tempo com os engenheiros, ir ao laboratório e ter uma ideia dos verdadeiros desafios, porque isso me ajuda a tomar melhores decisões sobre os negócios"
- Lisa Su, em entrevista para a Barron's

- Continua após a publicidade -

Além de Lisa Su, outros nomes importantes do mundo da tecnologia também aparecem na lista de melhores CEOs da Barron's, incluindo o chefe da Microsoft, Satya Nadella, e o comandante da Amazon, o bilionário Jeff Bezos


Imagem: Barron's

No setor de entretenimento, os diretores executivos que ganham destaque são Reed Hasting, da Netflix, e o chefe da Disney, Bob Iger. Alguns CEOs que não são muito populares, mas entregam resultados, também aparecem na lista, incluindo Mark Zuckerberg, criador do Facebook, e também Larry Page, cofundador do Google e comandante da Alphabet.

Em seu site, a Barron's também cita que um terço dos executivos que estavam na lista do ano passado acabaram saindo da classificação deste ano. Um dos nomes que foi retirado é Jensen Huang, CEO da Nvidia. O motivo? A empresa não superou as expectativas com as GPUs Turing.

Outro conhecido do público gamer que foi "rebaixado" é Andrew Wilson, o CEO da Eletronic Arts (EA). Segundo a revista, o executivo merece destaque no mercado por investir em serviços para games, mas acabou pecando em alguns lançamentos durante o ano. Você pode conferir a nossa análise de Anthem aqui.

- Continua após a publicidade -

Créditos da imagem de chamada: AMD

.....

Está pensando em comprar algum produto online? Conheça a extensão Economize do Adrenaline para Google Chrome. Ela é gratuita e oferece a você comparativo de preços nas principais lojas e cupons para você comprar sempre com o melhor preço. Baixe agora.

Via: Mundo Conectado Fonte: Fonte
  • Redator: Mateus Mognon

    Mateus Mognon

    Mateus Mognon é formado em Jornalismo pela Universidade Federal de Santa Catarina. Vencedor do prêmio SET Universitário na Categoria Reportagem Digital, atua nos sites do grupo Adrenaline desde 2014. Atualmente, colabora para os veículos com notícias, análises e artigos envolvendo tecnologia e games.

O que você achou deste conteúdo? Deixe seu comentário abaixo e interaja com nossa equipe. Caso queira sugerir alguma pauta, entre em contato através deste formulário.