Apps para Android capturam dados sem informar o usuário

Em estudo com 30 programas populares de Android, realizado pelo Intel Labs e as Universidades de Duke e de Penn State, foi descoberto que diversos aplicativos para sistema Android Market não alertam os usuÁrios sobre as informações pessoais que são capturadas. A lista inclui dados de localização, atualizados constantemente. Em alguns casos, as atualizações são enviadas a cada 30 segundos.


7 dos 30 aplicativos também enviaram informações únicas do aparelho, como o IMEI, código de identificação do dispositivo, e também o número do celular e dados do SIM card. Os teste foram feitos através de um aplicativo desenvolvido pelos pesquisadores, que detectava todos os dados enviados pelos softwares enquanto eram executados.

Os pesquisadores destacaram que, apesar de em alguns casos o usuÁrio ser informado que alguns de seus dados serão captados, muitos deles não informa com clareza quais são estas informações coletadas, muito menos quais usos serão feitos com elas ou se ocorrerÁ um compartilhamento com outras pessoas ou instituições.

O relatório da pesquisa ainda afirma que "os mecanismos de controle do acesso aos dados dos usuÁrios, em aplicativos desenvolvidos por outras companhias, é insuficiente no sistema Android". A Google, desenvolvedora do Android, alegou que todos os aplicativos, ao serem instalados, exibem informações de quais tipos de dados serão compartilhados, e que "disponibilizam desenvolvedores com as melhores prÁticas no uso de dados dos clientes". A empresa também recomenda que os usuÁrios instalem apenas programas que confiam.

- Continua após a publicidade -

Via BBC

Assuntos
Tags
  • Redator: Diego Kerber

    Diego Kerber

    Formado em Jornalismo pela Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC), Diego Kerber é aficionado por tecnologia desde os oito anos, quando ganhou seu primeiro computador, um 486 DX2. Fã de jogos, especialmente os de estratégia, Diego atua no Adrenaline desde 2010 desenvolvendo artigos e vídeo para o site e canal do YouTube

Escolha sua arma:

O que você achou deste conteúdo? Deixe seu comentário abaixo e interaja com nossa equipe. Caso queira sugerir alguma pauta, entre em contato através deste formulário.