OCZ Technology e Microsens firma parceria na área de SSD

A OCZ Technology e o Grupo Microsens firmam parceria para fortalecer a distribuição no Brasil das linhas mais avançadas de unidades de armazenamento estado sólido (SSD), memórias e fontes para computadores. Com objetivo de ampliar sua participação no mercado brasileiro, a fabricante norte-americana passa a fornecer diretamente seus produtos às empresas do grupo paranaense Microsens, que os repassarÁ ao mercado corporativo e ao varejo.

Os detalhes foram definidos durante visita ao país do representante para a América Latina da OCZ, Hernan Muzzillo. Para a OCZ, a América Latina é mercado estratégico, principalmente quando o assunto é tecnologia de ponta. "Muitos usuÁrios procuram equipamentos capazes de satisfazer suas necessidades, para executar programas que exigem mÁxima performance, como games, mas nem sempre encontram. Queremos suprir essa necessidade", afirma. A grande aposta da fabricante é a comercialização de SSDs. Pouco conhecidos no Brasil, os SSDs são unidades de armazenamento de dados muito mais rÁpidas, que devem substituir em alguns anos os HDs.

A parceria entre OCZ e Microsens representa um negócio de mais de US$ 1 milhão, e os primeiros lotes de produtos começaram a ser vendidos através da MegaMamute em agosto. Ao todo, são nove modelos de SSDs 2,5" Sata II, das séries Vertex 2, Agility 2 e Onyx, e um modelo SSD portÁtil, com conexão USB 3.0, com capacidade de armazenamento que variam de 64Gb a 240Gb. Estão disponíveis outros 14 modelos de memórias DDR3 e DDR2, das séries Gold Triple Channel, Gold, Black Edition, Intel XMP Ver. 2, Intel, Reaper HPC e Platinum, com capacidades de 2Gb a 6Gb e frequências de 800MHz a 2000Mhz. Fecham o pacote oito modelos de fontes, das linhas Stealthxtream, Stealthxtream 2, Modxstream, Gamexstream Nvidia Sli e Elitexstream, com potências de 400W a 1000W.

- Continua após a publicidade -

Foram escolhidos produtos para vÁrios perfis de usuÁrios, com foco em quem busca o melhor desempenho para games. Por isso, a preocupação em trazer ao Brasil equipamentos com rÁpida capacidade de resposta em leitura e armazenamento de dados e recursos de resfriamento altamente eficazes.

Assuntos
Tags
  • Redator: Diego Kerber

    Diego Kerber

    Formado em Jornalismo pela Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC), Diego Kerber é aficionado por tecnologia desde os oito anos, quando ganhou seu primeiro computador, um 486 DX2. Fã de jogos, especialmente os de estratégia, Diego atua no Adrenaline desde 2010 desenvolvendo artigos e vídeo para o site e canal do YouTube

Qual vai ser o melhor game de outubro de 2020?

O que você achou deste conteúdo? Deixe seu comentário abaixo e interaja com nossa equipe. Caso queira sugerir alguma pauta, entre em contato através deste formulário.