PC de R$ 1.500 versus PUBG Lite: será que o PC da Crise roda?

Player Unknow's Battlegrounds não criou uma fama positiva na comunidade PC gamer quando o assunto é otimização. O game sempre fez os PCs suarem para ser rodado com boa taxa de quadros e, especialmente, estabilidade.

Pois uma nova versão promete resolver esse e outros problemas: o PUBG Lite chegou hoje aos brasileiros, e promete otimizações que tornam até o computador mais "fraquinho" alguém capaz de rodar esse jogo. Será que é mesmo o caso? Recrutamos o nosso melhor hardware para esse tipo de missão, o PC de até R$ 1,5 mil (codinome PC da Crise) e vamos ver se gráficos integrados dão conta do recado!

As peças que montamos são:

- Processador AMD Ryzen 3 2200G - R$ 470
- Placa-mãe MSI B350 Pro-VH Plus - R$ 340
- Memória RAM 2x4GB DDR4 2666MHz - 2x R$ 160 
- HD WD 1TB - R$ 208
- Fonte CoolerMaster Elite 300W - R$ 152

Em teoria o PC da Crise sobra para o páreo, já que até uma Intel HD 4000 aparece entre os hardwares compatíveis. Você pode conferir a lista completa de especificações recomendadas e também links para download do jogo nessa notícia aqui.

- Continua após a publicidade -

Tags
  • Redator: Diego Kerber

    Diego Kerber

    Formado em Jornalismo pela Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC), Diego Kerber é aficionado por tecnologia desde os oito anos, quando ganhou seu primeiro computador, um 486 DX2. Fã de jogos, especialmente os de estratégia, Diego atua no Adrenaline desde 2010 desenvolvendo artigos e vídeo para o site e canal do YouTube

Os jogos mais aguardados do segundo semestre de 2021

O que você achou deste conteúdo? Deixe seu comentário abaixo e interaja com nossa equipe. Caso queira sugerir alguma pauta, entre em contato através deste formulário.