Logitech apresenta mouse G502 Lightspeed, versão wireless do clássico periférico

A Logitech apresentou o seu novo mouse sem fio G502 Lightspeed, que traz a funcionalidade de conexão sem fio para um design clássico da companhia. O periférico vem com o mais novo sensor Hero 16K, que é um design da própria fabricante impulsionado pelo processamento de um SoC baseado em CPU ARM Cortex-M de 32-bits.

 

Site oficial: Logitech G502 Lightspeed

Segundo a empresa, o desempenho wireless de sua tecnologia Lightspeed é comparável ao obtido por uma solução com fio. A Logitech diz ser capaz de oferecer latências de apenas 1ms através de recursos especiais projetados especificamente para essa série de mouses. Seu sensor tem uma tecnologia de ajuste automático a superfícies, o que significa que ele deve se adaptar bem a quase qualquer lugar plano em que você tentar usá-lo.

De acordo com o site TechPowerUp, o G502 Lightspeed possui uma tecnologia de carregamento magnético que suporta 800 ciclos de carga antes de começar a se degradar. O mouse ainda traz 11 botões programáveis, peso ajustável entre 114g e 130g e uma série de adições em sua estrutura para melhorar a qualidade de vida do usuário. Elas incluem o uso de compostos emborrachados, por exemplo. Esses recursos, junto da iluminação RGB, fazem com que o G502 Lighspeed custa US$ 149 em mercados internacionais.

- Continua após a publicidade -

Seu design continua praticamente o mesmo usado desde a sua versão original, lançada em 2014. A principal diferença é a inclusão de uma bateria interna, que trouxe considerável desafio para a Logitech. Isso porque os designers da empresa tiveram que se desdobrar para acrescentar componentes e manter a ergonomia do periférico. Parte desse trabalho incluiu a introdução de um endoesqueleto para o mouse, com o uso de um projeto de uma parede externa especial, bem mais fina do que o comum.

Via: Anand Tech, TechPowerUp
Tags
  • Redator: Carlos Felipe Estrella

    Carlos Felipe Estrella

    Apaixonado por games desde os 6 anos de idade, quando ganhou um Playstation 1. Em 2005 migrou para o PC, e aí começou a se interessar por tecnologia. Formado jornalismo na Universidade Federal de Santa Catarina.

O que você achou deste conteúdo? Deixe seu comentário abaixo e interaja com nossa equipe. Caso queira sugerir alguma pauta, entre em contato através deste formulário.