RIM revela "BlackBerry Tablet" com processador dual-core

E não é que os rumores tinham seu fundo de verdade? Depois de meses de especulação, a RIM, fabricante dos smarpthones BlackBerry, anunciou sua entrada oficial no mercado dos tablets, durante a BlackBerry Developer Conference.

Com processador ARM Cortex-A9 dual-core de 1GHz e 1GB de memória RAM, rodando o BlackBerry Tablet OS, sistema operacional desenvolvido exclusivamente para o aparelho, o Playbook é chamado pela empresa de "tablet mais rÁpido do mundo".



O aparelho tem tela sensível ao toque de 7 polegadas, com 1024x600 pixels de resolução e é capaz de reproduzir vídeos em 1080p. Suas dimensões prometem conforto no manuseio e praticidade, pesando menos de 400g e com cerca de 1cm de espessura.

As configurações trazem alguns destaques que tornam o Playbook um ótimo concorrente para o iPad da Apple e o Samsung Galaxy Tab, incluindo compatibilidade com Flash Player 10.1 e aplicações em Adobe AIR, além de HTML5. O aparelho ainda tem duas câmeras, uma frontal de 3 megapixels e uma traseira com 5, capaz de gravar vídeos em FullHD. Todo o conteúdo produzido pode ser visto em um display externo, graças à sua saída HDMI. A experiência multimídia se completa com som stereo e um player com suporte aos formatos de Áudio MP3, AAC e WMA.



Conectividade e intergração

O Playbook permite o acesso à Internet através da conexão Wi-Fi, mas a RIM planeja oferecer modelos com 3G e 4G no futuro. O Bluetooth, por sua vez, possibilita a integração com smartphones Blackberry, aproveitando os benefícios da tela maior do tablet para gerenciar conteúdo do telefone. Arquivos pessoais e documentos, por exemplo, ficam sempre sincronizados.

A previsão da companhia é que a novidade chegue às prateleiras americanas no início de 2011 e o kit de desenvolvimento para programadores começarem a criar seus aplicativos serÁ disponibilizado nas próximas semanas. O preço do equipamento ainda não foi revelado.

Assuntos
Tags
  • Redator: Risa Lemos Stoider

    Risa Lemos Stoider

    Formada em Jornalismo pela Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC) e gamemaníaca desde os 4 anos de idade. Já experimentou consoles de várias gerações e atualmente mantém uma ainda modesta coleção. Aliando a prática jornalística com a paixão pela tecnologia e os games, colabora com a Adrenaline publicando notícias e artigos.

Qual a sua marca de mouses para jogos favorita? - Pesquisa de Periféricos 2020

O que você achou deste conteúdo? Deixe seu comentário abaixo e interaja com nossa equipe. Caso queira sugerir alguma pauta, entre em contato através deste formulário.