Nova "RX 3080 XT" traria performance no nível de uma RTX 2070 por US$ 330 [rumor]

Aos poucos vão se acumulando rumores sobre o potencial lançamento de uma placa Radeon durante a E3 2019, grande feira de games que acontece em Los Angeles do dia 11 a 13 de junho. De acordo com nova leva de informações não confirmadas pela AMD, a empresa está preparando o lançamento do modelo RX 3080 XT, que será baseado no chip Navi 10.

AMD Radeon VII - Estreia dos 7 nanômetros é uma placa
sem força para mudar o mercado

A AMD já confirmou que a microarquitetura Navi será desenvolvida no processo de 7 nanômetros, tecnologia usada na Radeon VII porém com a microarquitetura Vega. Ela viria equipada com um total de 56 Compute Units, um TDP de 190W e seria capaz de entregar uma performance próxima a de uma RTX 2070. O grande salto aconteceria em outro fator: o preço. Segundo o rumor, ela poderia chegar ao mercado com custo de US$ 330, consideravelmente abaixo dos US$ 599 do lançamento da RTX 2070.

Recentemente uma suposta imagem do PCB da Navi apareceu na internet e deu indícios que a placa usará a tecnologia GDDR6 em configuração de 8GB ou 16GB GDDR6 em 256-bit, algo que faz sentido no lugar do HBM se a AMD tem intenção de trazer um preço competitivo. Outros detalhes no suposto PCB também indicavam dois conectores de oito pinos, o que pode indicar um consumo de até 300W, 

Quem pode não estar próximo do lançamento é a implementação mais "parruda" da Navi, o chip Navi 20. O produto topo de linha com a nova microarquitetura deve ter seu lançamento no começo de 2020, de acordo com novos rumores. Os rumores afirmam que a AMD ainda está trabalhando para entregar frequências em um patamar próximo ao obtido na Vega 20, e ainda está lidando com problemas de aquecimento e consumo, ainda buscando melhorar a implementação dos 7 nanômetros nesse projeto.

- Continua após a publicidade -

Análise: Gigabyte GeForce GTX 1650 Gaming OC
Análise: Galax GeForce GTX 1650 EX 1-Click OC

Atualmente o segmento high-end vem sendo dominado por Nvidia, com o lançamento da Radeon VII não trazendo níveis de performance e preços suficientes para forçar um reposicionamento da empresa. Na realidade, quem vem "fazendo bonito" são interações ainda baseadas nas Polaris, como a RX 570, que mesmo com mais de dois anos de mercado ainda tem uma relação entre custo e performance que deixa sem sentido lançamentos como a GTX 1650. Esse tipo de disputa seria muito bem-vinda em segmentos mais altos de preço.

Tags
  • Redator: Diego Kerber

    Diego Kerber

    Formado em Jornalismo pela Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC), Diego Kerber é aficionado por tecnologia desde os oito anos, quando ganhou seu primeiro computador, um 486 DX2. Fã de jogos, especialmente os de estratégia, Diego atua no Adrenaline desde 2010 desenvolvendo artigos e vídeo para o site e canal do YouTube

Os jogos mais aguardados do segundo semestre de 2021

O que você achou deste conteúdo? Deixe seu comentário abaixo e interaja com nossa equipe. Caso queira sugerir alguma pauta, entre em contato através deste formulário.