Worm Stuxnet infecta usina nuclear iraniana

A primeira usina nuclear do Irã foi atingida nesse fim de semana pelo worm Stuxnet, desenvolvido para comprometer sistemas de gerenciamento e controle industrial que utilizam o sistema SCADA WinCC da Siemens.

O director da usina de Bushehr, Mahmoud Jafari, garantiu que uma equipe estÁ tentando remover o malware dos computadores afetados, apesar de o vírus "não ter causado nenhum dano às principais mÁquinas da instalação."


Imaegm: Reuters

De acordo com a Associated Press, essa é a primeira vez em que o Stuxnet, que jÁ havia se espalhado por diversas indústrias no país, afeta equipamentos ligados ao seu programa nuclear, centro de polêmica com os Estados Unidos.

Desde que foi descoberto, em julho, o worm jÁ provocou vÁrios ataques, especialmente no Irã, Indonésia, Índia e Estados Unidos. Na semana passada, a companhia de segurança Kaspersky anunciou um acordo com a Microsoft para investigar e corrigir as brechas de segurança no Windows que são exploradas pelo malware.

A usina serÁ supervisionada internacionalmente, ao passo em que existe a preocupação de que o Irã aproveite a usina para desenvolver armamentos. O país nega qualquer ambição desse tipo e afirma querer apenas enriquecer urânio para produzir energia.

Assuntos
Tags
  • Redator: Risa Lemos Stoider

    Risa Lemos Stoider

    Formada em Jornalismo pela Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC) e gamemaníaca desde os 4 anos de idade. Já experimentou consoles de várias gerações e atualmente mantém uma ainda modesta coleção. Aliando a prática jornalística com a paixão pela tecnologia e os games, colabora com a Adrenaline publicando notícias e artigos.

Qual vai ser o melhor game de setembro de 2020?

O que você achou deste conteúdo? Deixe seu comentário abaixo e interaja com nossa equipe. Caso queira sugerir alguma pauta, entre em contato através deste formulário.