AMD revela novos SoCs Ryzen Embedded R1000, com suporte ao 4K e 60FPS

A AMD apresentou os seus novos SoC da próxima geração da série R que chegam para expandir a linha de produtos Embedded. Os AMD Ryzen Embedded R1000 apresentam melhorias significativas em relação aos seus antecessores e prometem suporte ao 4K e 60FPS para dispositivos portáteis e consoles de baixa potência, como o Atari VCS, que será o primeiro a integrar o novo System-on-a-chip.

AMD vai comemorar seu 50º aniversário com edição especial comemorativa do Ryzen 7 2700X

Os novos SoCs são montados em BGA e contam com núcleos Zen combinados com os recursos gráficos Vega 3 para entregar um melhor desempenho em aplicações multimídia. 

Foram apresentados dois modelos para os novos SoCs, o R1606G e o R1505G, ambos com baixo consumo energético, podendo ser ajustados em um TDP (cTDP) 12W, no caso de serem usados sem um dispositivo de ventilação, e 25W com boost. Os dois têm 2 núcleos e 4 threads, além de suporte à memória dual-channel DDR4-2400, que são necessárias para alcançar o baixo consumo. 

O modelo R1606G conta com um clock base de 2.6 GHz e boost de 3.5 GHz. Já o R1505G tem um clock de 2.4 GHz e boost de 3.3 GHz. O desempenho vai depender da potência que os SoC forem ajustados. Os novos Ryzen Embedded R1000 são equipados com duas conexões 10GbE integradas e suportam até 3 monitores 4K a 60 quadros com três conexões DisplayPort 1.4 e HDMI 2.0b. O Suporte de sistemas operacionais é bastante vasto e conta com os mais comuns, Yocto e MEL Flex OS até mesmo Windows 10 e o Ubuntu.

- Continua após a publicidade -

    

Os novos SocS da AMD devem estar disponíveis ainda neste trimestre e vão custar US$ 80 no modelo R1505G e US$ 100 no R1606G. Confirma mais detalhes no site da AMD.

Via: tomshardware, servethehome
Tags
AMD
  • Redator: Lucas Alvaro Araujo

    Lucas Alvaro Araujo

    Lucas Alvaro virou jornalista pelo amor aos games e o desejo de escrever seus próprios roteiros para jogos com nota máxima no Metacritic. Apesar de ter atuado como designer e desenvolvedor de jogos durante dois anos, a paixão pela redação o trouxe para "os bastidores", onde está adquirindo experiência e aprendizado nos mais diversos segmentos da tecnologia. E é dessa forma que pretende se tornar especialista na área e descobrir o que fazer quando os robôs começarem a dominar o mundo.

Os jogos mais aguardados do segundo semestre de 2021

O que você achou deste conteúdo? Deixe seu comentário abaixo e interaja com nossa equipe. Caso queira sugerir alguma pauta, entre em contato através deste formulário.