Barra de games do Windows 10 ganha melhorias, incluindo monitoramento de GPU, CPU e RAM

A Microsoft está trabalhando para tornar a marca Xbox mais presente nos computadores e um grande passo foi dado esta semana: a barra de jogos do Windows 10 ganhou diversas funcionalidades e integrações úteis para a hora do gameplay. As novidades já podem ser testadas no beta do sistema operacional e devem chegar para todos os usuários em breve.

Além de trazer as ferramentas já conhecidas da Xbox Game Bar, como gravação e transmissão de partidas, a nova versão do programa traz uma série de overlays para serem utilizados durante a jogatina. A imagem abaixo mostra a interface em funcionamento, com diversos widgets que podem ser anexados na área que é aberta quando a barra de games é ativada.


Imagem: The Verge

Uma das principais adições, e que vai agradar muitos PC Gamers, é um medidor de performance que permite acompanhar o desempenho do processador, placa de vídeo e também da memória RAM enquanto um jogo está sendo rodado. A funcionalidade traz informações básicas e resumidas, mas já é um grande avanço.

Outro widget que aparece é o gerenciador de áudio, que é similar ao presente no Windows 10 e pode ser usado diretamente no overlay. A ferramenta permite ao jogador controlar o som de diferentes fontes rapidamente, uma ótima adição para quem é criador de conteúdo ou gosta de ouvir música enquanto está jogando. O serviço de streaming Spotify também será integrado à barra e poderá ser controlado durante o gameplay.

- Continua após a publicidade -


Imagem: Onmsft

Além das ferramentas citadas, os usuários também podem utilizar o sistema de conversa do aplicativo do Xbox e também anexar a janela de capturas de tela, que ganhou um recurso de edição rápida e compartilhamento no Twitter. Com todas essas novidades, a barra de jogos nativa do Windows 10 começa a ganhar mais força na batalha contra outras soluções do tipo, como o Nvidia GeForce Experience.

Os aprimoramentos na Xbox Game Bar mostram que a Microsoft ainda está de olho no mercado de games para computador e está interessada em melhorar seus serviços no setor. No ano passado, o chefe da divisão de games da empresa, Phil Spencer, disse que ainda existe muito trabalho a ser feito para melhorar o Windows 10 como plataforma para jogos.

Na época, o executivo ainda prometeu que vai aprimorar a Microsoft Store, um dos principais pontos de crítica da comunidade quando o assunto são games no sistema operacional. Em 2018, o CEO da companhia, Satya Nadella, também disse que o serviço Xbox Game Pass deve ser lançado para computadores futuramente, algo que traria muita atenção para o lado gamer do Windows 10. Com isso em mente, é de se esperar que a companhia "arrume a casa" antes de tamanha investida.

Via: Onmsft, The Verge
  • Redator: Mateus Mognon

    Mateus Mognon

    Mateus Mognon é formado em Jornalismo pela Universidade Federal de Santa Catarina. Vencedor do prêmio SET Universitário na Categoria Reportagem Digital, atua nos sites do grupo Adrenaline desde 2014. Atualmente, colabora para os veículos com notícias, análises e artigos envolvendo tecnologia e games.

Quem estava pior no primeiro vídeo?

O que você achou deste conteúdo? Deixe seu comentário abaixo e interaja com nossa equipe. Caso queira sugerir alguma pauta, entre em contato através deste formulário.