Ainda vale a pena um Core i7-3770 em 2019? [+compacto e correção!]

[+update]: Alguns donos de Core i7-3770K chamaram a atenção que nossa configuração com apenas 8GB de RAM impactou negativamente na performance do processador. Fizemos uma rodada de testes e confirmamos o impacto em alguns dos games testados, e por isso a nossa edição com o compacto da LIVE vai contar também com nossos testes com 16GB e a diferença que isso trouxe para o desempenho. 

O vídeo na íntegra, com os testes em 8GB, segue disponível no link abaixo:

Segunda rodada consagrou um processador para o terceiro episódio do "Ainda Vale a Pena". Agora é hora de conferir um processador Intel de terceira geração!

Episódio 1: AMD FX 8300
Episódio 2: Nvidia GeForce GTX 750 Ti

- Continua após a publicidade -

Não temos especificamente o 3770, mas felizmente o Intel Core i7-3770K vem ao resgate! Com características semelhantes e com a vantagem de ser desbloqueado para overclock vamos colocar esse quad-core da microarquitetura Ivy Bridge para encarar os softwares mais modernos. Será que ele ainda dá conta?

Análise Intel Core i7-3770K

 

Na próxima quinta-feira (28/03) a partir das 20h, horário de Brasília, Diego Kerber (@kerberdiego) vai colocar um hardware mais antigo que a galera quer ver em ação, mostrando como foi a passagem do tempo para esse componente.

O "Ainda vale a pena" é mais um quadro experimental da galera da redação do Adrenaline, feito fora do horário do expediente normal. As doações feitas no superchat serão repassada aos participantes do programa, e serão bem-vindas como um gesto de apreço pelo nosso trabalho e também incentivo para os quadros que a galera achar mais relevante, e que querem que continuem. A gente explica um pouco a ideia aqui abaixo:

- Continua após a publicidade -

.....

Está pensando em comprar algum produto online? Conheça a extensão Economize do Adrenaline para Google Chrome. Ela é gratuita e oferece a você comparativo de preços nas principais lojas e cupons para você comprar sempre com o melhor preço. Baixe agora.

Tags
  • Redator: Diego Kerber

    Diego Kerber

    Formado em Jornalismo pela Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC), Diego Kerber é aficionado por tecnologia desde os oito anos, quando ganhou seu primeiro computador, um 486 DX2. Fã de jogos, especialmente os de estratégia, Diego atua no Adrenaline desde 2010 desenvolvendo artigos e vídeo para o site e canal do YouTube

O que você achou deste conteúdo? Deixe seu comentário abaixo e interaja com nossa equipe. Caso queira sugerir alguma pauta, entre em contato através deste formulário.