Intel confirma que o Comet Lake é um refresh do Coffee Lake Refresh

As últimas atualizações do Coreboot (antigo LinuxBIOS) e dos drivers do Linux revelam algumas informações acerca do próximo refresh de processadores da Intel, a linha Comet Lake.

Segundo uma funcionária da Intel, o Comet Lake contém um iGPU de nona geração, indicando que realmente trata-se de mais um refresh do Skylake, mas a confirmação mesmo vem em seguida, com um "O Comet Lake vem do Coffee Lake", e que por isso sua ID iria parar na lista de ID do Coffee Lake, dando a certeza de que se trata de um refresh em 14nm.



Além disso, o Coreboot listou algumas IDs do Comet Lake, revelando a contagem de núcleos presente em cada modelo:

{ CPUID_COMETLAKE_U_A0, "Cometlake-U A0 (6+2)" },
{ CPUID_COMETLAKE_U_K0_S0, "Cometlake-U K0/S0 (6+2)/(4+2)" },
{ CPUID_COMETLAKE_H_S_6_2_P0, "Cometlake-H/S P0 (6+2)" },
{ CPUID_COMETLAKE_H_S_10_2_P0, "Cometlake-H/S P0 (10+2)" }

Com isso deduz-se que a linha CML-U, que é destinada para laptops, terá configurações com quatro e seis núcleos, enquanto que as linhas CML-H (notebooks de alto desempenho) e CML-S (desktop) terão configurações com seis e dez núcleos. Para quem está se perguntando sobre a combinação (algo+2) nos nomes, o número após o sinal de soma é referente à iGPU, no caso, todos esses Comet Lake virão com a variante GT2 do Intel HD Graphics Gen9.

A dúvida que fica no ar, além do preço e disponibilidade desses chips, é se a versão desktop deles será o suficiente para brigar com os Ryzen 3000? A única certeza é de que, se depender da Intel, essa briga vai esquentar, e muito.

Fonte: Patchwork Intel GFX, Coreboot GitHub
Tags
  • Redator: Carlos Dayllann

    Carlos Dayllann

O que você achou deste conteúdo? Deixe seu comentário abaixo e interaja com nossa equipe. Caso queira sugerir alguma pauta, entre em contato através deste formulário.