GPUs caem 2.7% no último trimestre de 2018; placas dedicadas tem maior retração

A empresa de pesquisa de mercado JPR liberou um relatório sobre as vendas de GPUs no último trimestre do ano passado. O Q4 de 2018 não foi dos melhores para fabricantes de chips gráficos, com uma queda de 2.65% comparado ao trimestre anterior e 3.3% se comparado ao mesmo período do ano passado.

O relatório inclui tanto chips gráficos dedicados, aqueles presentes em placas de vídeo, quanto gráficos integrados, aqueles incorporados em processadores. como Intel HD Graphics, por exemplo. Nesse contexto, os envios da AMD caíram em 6,8%, Nvidia caiu 7,6% e a Intel foi a menos atingida com queda de 0,7%.

O mercado mais atingido é o de placas de vídeo dedicadas, sendo esse um dos motivos pelo qual a Intel foi a menos afetada, já que modelos de placas de vídeo da empresa só devem surgir no próximo ano. A queda no envio de placas de vídeo foi de 20%. No último trimestre do ano gráficos dedicados estavam presentes em 27,78% dos computadores enviados, e houve uma queda de 10,75% nas placas de vídeo comparado ao trimestre anterior.

Mas nem tudo são números negativos, com o mercado de PCs como um todo crescendo 1.61% comparado ao trimestre anterior, e a venda de GPUs para notebooks aumentou em 8%.

De acordo com a JPR, o mercado de GPUs é um dos principais indicadores da "saúde" do mercado já que um chip gráfico está presente em praticamente todo sistema montado, então perceber os números de vendas desse componente é um forte indício dos rumos do mercado no futuro próximo, mostrando como vendedores e lojas estão preparando estoques ou as expectativas de vendas para os próximos meses.

Fonte: JPR Research
Tags
  • Redator: Diego Kerber

    Diego Kerber

    Formado em Jornalismo pela Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC), Diego Kerber é aficionado por tecnologia desde os oito anos, quando ganhou seu primeiro computador, um 486 DX2. Fã de jogos, especialmente os de estratégia, Diego atua no Adrenaline desde 2010 desenvolvendo artigos e vídeo para o site e canal do YouTube

O que você achou deste conteúdo? Deixe seu comentário abaixo e interaja com nossa equipe. Caso queira sugerir alguma pauta, entre em contato através deste formulário.