Até que enfim: a AMD passa a dar suporte aos gráficos integrados no Adrenalin 2019 Edition

Um dos principais problemas que a galera nos gráficos integrados da AMD enfrenta é o suporte de drivers. Mesmo com notebooks sendo equipado com gráficos da microarquitetura Vega, ou seja, a mesma tecnologia das placas de vídeo dedicadas, esses processadores com gráficos integrados ficavam de fora da atualização de drivers do Adrenalin 2019 Edition (não confundir com o Adrenaline, se dependesse de nós, as coisas seriam assim desde o começo).

Veja testes com o Ryzen 3 2200G no PC da Crise!

Por conta disso, donos de computadores com gráficos integrados da AMD ficavam meses sem updates, e em alguns casos sem correções críticas direcionadas a games recém-lançados. A partir do novo driver, o Adrenalin 2019 Edition 19.2.3, agora processadores com gráficos Vega em dispositivos compactos vão receber as otimizações dos novos drivers, as mesmas que também impactam placas de vídeo dedicadas. 

Essa é uma boa notícia especialmente para quem está de olho em notebooks com chips AMD, como é o caso dos modelos que virão com a parceria entre a empresa e a Lenovo no Brasil. Agora mesmo quem está com um sistema equipado com uma APU Ryzen também podem fazer o download do novo driver e conseguir as otimizações de desempenho que, segundo a AMD, podem entregar até 10% mais desempenho comparado aos drivers de lançamento dos gráficos integrados Vega.

Tags
apu
  • Redator: Diego Kerber

    Diego Kerber

    Formado em Jornalismo pela Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC), Diego Kerber é aficionado por tecnologia desde os oito anos, quando ganhou seu primeiro computador, um 486 DX2. Fã de jogos, especialmente os de estratégia, Diego atua no Adrenaline desde 2010 desenvolvendo artigos e vídeo para o site e canal do YouTube

Qual vai ser o melhor game lançado em maio de 2020?

O que você achou deste conteúdo? Deixe seu comentário abaixo e interaja com nossa equipe. Caso queira sugerir alguma pauta, entre em contato através deste formulário.