Reduzir a pirataria em 10% impacta a economia em bilhões

A diminuição da taxa de pirataria no Brasil não só gera receitas para a indústria do software, como traz ganhos para empresas de serviços e distribuição ligadas à tecnologia e impulsionam a economia local.

Diminuir o índice dos atuais 56% para 46% nos próximos quatro anos resultaria em um apoio extra de US$3,9 bilhões para as empresas do setor de software, dos quais 74% permaneceriam na economia local.


As conclusões são do estudo Os Benefícios Econômicos da Redução da Pirataria de Software, apresentado pela Business Software Alliance (BSA) e pela IDC, que ainda indica que os ganhos não beneficiariam somente o faturamento das empresas. Com a redução da pirataria em 10%, os impostos adicionais arrecadados pelo país em quatro anos totalizariam US$ 888 milhões e seriam gerados 12,3 mil novos postos de trabalho.

Os benefícios são maiores quando a diminuição é mais rÁpida. Conforme a pesquisa, se a taxa de pirataria caísse os mesmos 10% na metade do tempo, o aumento na atividade econômica do setor alcançaria US$ 5,2 bilhões, e seriam arrecadados US$ 1,1 bilhão em impostos, valores 34% maiores que a projeção anterior.

O estudo foi realizado em 42 países para avaliar o impacto da pirataria, incorporando pesquisas sobre gastos com TI e pirataria de software em conjunto com informações sobre empregos e impostos relacionados ao setor.

Assuntos
Tags
  • Redator: Risa Lemos Stoider

    Risa Lemos Stoider

    Formada em Jornalismo pela Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC) e gamemaníaca desde os 4 anos de idade. Já experimentou consoles de várias gerações e atualmente mantém uma ainda modesta coleção. Aliando a prática jornalística com a paixão pela tecnologia e os games, colabora com a Adrenaline publicando notícias e artigos.

Qual vai ser o melhor game de outubro de 2020?

O que você achou deste conteúdo? Deixe seu comentário abaixo e interaja com nossa equipe. Caso queira sugerir alguma pauta, entre em contato através deste formulário.