Sapphire lança Radeon RX 570 com 16GB de VRAM para mineração de criptomoeadas

A fabricante de placas de vídeo Sapphire está apostando num retorno da febre de mineração de criptomoedas e decidiu lançar uma placa de vídeo pensada exatamente para isso. Trata-se de uma nova Radeon RX 570 com 16GB de memória de vídeo GDDR5, ou seja, o dobro do que os modelos baseados nesse chip da AMD costumam trazer.

Site oficial: Placas Sapphire Radeon RX 570

Nos últimos meses, o mercado de mineração de criptomoedas baseada em hardware especializado retraiu bastante ao passo de que minerar usando placas de vídeo deixou de ser rentável. O vice-presidente de marketing da Sapphire, Adrian Thompson, pensa que isso é algo passageiro, e escreveu um longo texto no Medium (em inglês) explicando os motivos para isso.

De acordo com ele, a responsável por essa volta por cima da mineração será uma criptomoeda com foco em privacidade conhecida como Grin. Ela será amigável para hardware do tipo ASIC – feito especialmente para essa finalidade – o que seria perfeito para um sistema montado com esse modelo da RX 570, ao menos segundo Thompson.

O vice-presidente de marketing ainda diz que os 16GB de VRAM da placa vão servir para um processo que é conhecido como "dual mining". Sua sugestão é que os usuários minere, um algoritmo conhecido como Cuckaroo ao mesmo tempo em que trabalham com a Grin. Com isso, eles poderiam focar mais os esforços na criptomoeda que estiver dando mais resultado conforme a dificuldade de ambas varia com o tempo.

Análise: ASUS Radeon RX 570 Strix OC

Via: PC Gamer
Tags
amd
  • Redator: Carlos Felipe Estrella

    Carlos Felipe Estrella

    Apaixonado por games desde os 6 anos de idade, quando ganhou um Playstation, época em que também se divertia com o Super Nintendo dos outros. Em 2005 migrou para o PC, e aí começou a se interessar por tecnologia também. Apesar disso, nunca conseguiu largar a preferência por jogos de corrida e de esporte, principalmente os de futebol. Estuda jornalismo na Universidade Federal de Santa Catarina.

O que você prefere?

O que você achou deste conteúdo? Deixe seu comentário abaixo e interaja com nossa equipe. Caso queira sugerir alguma pauta, entre em contato através deste formulário.