Intel mostra renderização "Ray Tracing" via CPU em Wolfenstein

Daniel Pohl, engenheiro da Intel Labs mostrou para a comunidade um novo vídeo em que um processador Intel renderizando em tempo real de forma bastante surpreendente, a técnica de Ray Tracing no game Wolfenstein.

Pohl jÁ mostrou outros vídeos onde CPUs da Intel renderizavam a técnica em outros títulos populares, como em Enemy Territory: Quake Wars, rodando em um processador da classe "Nehalem" para servidores. Contudo, naquela ocasião, o resultado foi meio decepcionante, com alguns lags.

- Continua após a publicidade -

Contudo, desta vez o sistema da Intel se mostrou bastante "esperta" na tarefa. Embora o vídeo mostre um notebook, na verdade a renderização foi realizada em um sistema bem robusto, composto de 4 servidores, dentre os quais, ao que parece, pelo menos um deles sendo composto da super CPU com 48 núcleos do projeto MIC (Many Intel Cores).

De acordo com anÁlises preliminares, ao que consta, a taxa de FPS é bem considerÁvel, chegando a 80 quadros por segundo.

Assuntos
Tags
  • Redator: Filipe Braga

    Filipe Braga

    Filipe Braga é um cearense extremamente simpático formado em Ciências da Computação e apaixonado por computadores e tecnologia em geral. Também participa de reviews de hardware, especialmente placas de vídeo, processadores e placas mãe.

Devem existir lançamentos de chips com melhorias na mesma arquitetura

O que você achou deste conteúdo? Deixe seu comentário abaixo e interaja com nossa equipe. Caso queira sugerir alguma pauta, entre em contato através deste formulário.