Capcom anuncia colaboração com Assassin's Creed para Monster Hunter World

Monster Hunter World continua incorporando "participações" de outros jogos e, dessa vez, temos uma novidade que chegou sorrateiramente. Jogadores podem agora desbloquear itens inspirados por Assassin's Creed no jogo, em seu mais recente crossover. E o mais interessante é que o marketing da novidade foi justamente não fazer marketing, incorporando a novidade "furtivamente", como é o foco dos jogos da icônica série da Ubisoft.

As novidades trazem uma armadura que deixa o personagem com a aparência de Bayek, de Assassin's Creed Origins, e uma manta que parece a roupa de Ezio Auditore, de Assassin's Creed 2, com o mesmo efeito da Ghile Mantle, que deixa seu personagem invisível quando usada. Para liberar os itens, os jogadores vão ter que enfrentar uma nova quest no jogo, chamada S.D.F. - Silent, Deadly and Fierce. E isso podem ser más notícias para jogadores novatos que queiram muito os novos itens, porque essa quest não é brincadeira.

Segundo o Kotaku relata, a missão consiste em, de cara, lutar contra um Odogaron e um Deviljho, dois dos monstros mais agressivos de todo o jogo, ao mesmo tempo, numa arena fechada. As armadilhas da arena podem ajudar, mas boa sorte para ativá-las contra um Odogaron pulando pra lá e pra cá que nem um louco pra cima de você. Depois de superar essa dupla feroz, o jogador vai ser jogado contra nada menos que o Lunastra, um dragão ancião dos mais complicados no jogo. Talvez seja bom entrar nessa com amigos ou procurar sessões de quem já está montando um time pra enfrentar o desafio.

Fonte: Kotaku
  • Redator: João Gabriel Nogueira

    João Gabriel Nogueira

    João Gabriel Nogueira se formou em jornalismo pela Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC) em 2015 e curte games desde muito antes. Começou com o Master System e o gosto pelos jogos eletrônicos trouxe o gosto pela tecnologia. Escrever notícias e análises de jogos, hardware e dispositivos móveis para o Adrenaline, além de trabalho é uma alegria e um aprendizado.

O que você prefere?

O que você achou deste conteúdo? Deixe seu comentário abaixo e interaja com nossa equipe. Caso queira sugerir alguma pauta, entre em contato através deste formulário.