Mais TVs com resolução 8K chegarão ao mercado em 2019

Apesar dos conteúdos em resolução 8K ainda serem raros no mercado e os produtos com suporte para a tecnologia serem escassos atualmente, a indústria deve começar a dar mais atenção para o novo padrão em 2019.  

Atualmente, empresas líderes no mercado de TV, como Samsung e Sharp, produzem televisões que vem com resolução 8K. Em 2019, porém, mais fabricantes começarão a focar suas linhas de produção na concepção de produtos com a tecnologia.

De acordo com o Digitimes, o número de produtos seguindo a nova resolução ainda será escasso em 2019 por causa da falta de componentes como SoCs e alto custo de produção. Ainda assim, o site estima que sejam entregues 300 mil televisões 8K durante o ano que vem, o que deve abrir caminho para mais dispositivos do tipo futuramente.

Segundo apontam as fontes do Digitimes, o tamanho padrão das novas televisões 8K feitas em LCD devem ser de 65 e 75 polegadas. A LG também deve investir em painéis 8K OLED, com tamanho de até 98 polegadas. A Samsung e fabricantes como a BOE e CEC também devem trazer aparelhos desse tamanho para o mercado.

Apesar das previsões positivas vindas das fontes do Digitimes, é importante ressaltar que o conteúdo com suporte para TVs 8K ainda é bem escasso, principalmente quando falamos em games. Outro fator que deve dificultar o crescimento comercial desse mercado num primeiro momento é o preço, o que deve deixar os produtos com a tecnologia caracterizados como premium.

Se você tivesse grana, investiria em uma TV 8K? O que você pensa sobre a tecnologia? Deixe sua opinião nos comentários.

Via: Guru3D
Tags
  • Redator: Mateus Mognon

    Mateus Mognon

    Mateus Mognon é formado em Jornalismo pela Universidade Federal de Santa Catarina. Vencedor do prêmio SET Universitário na Categoria Reportagem Digital, atua nos sites do grupo Adrenaline desde 2014. Atualmente, colabora para os veículos com notícias, análises e artigos envolvendo tecnologia e games.

Qual vai ser o melhor game de abril de 2020?

O que você achou deste conteúdo? Deixe seu comentário abaixo e interaja com nossa equipe. Caso queira sugerir alguma pauta, entre em contato através deste formulário.