G2A Pay enfrenta nova polêmica por cobrar de usuários não se logam há muito tempo

A G2A, loja de revenda de keys para jogos no PC, não é estranha à polêmicas, mas agora chegou a vez de seus sistema de carteira virtual, o G2A Pay, enfrentar algumas críticas também. Usuários começaram a ser cobrados por não logarem na conta por muito tempo, o que iniciou uma thread bastante acalorada no Reddit.

A G2A aparentemente cobra € 1 (R$ 4,44) como uma "taxa de inatividade" dos usuários que não fizerem login por mais de 180 dias, ou seja, seis meses. Apesar dos usuários descontentes com a situação, como mostra a thread no Reddit que já tem mais de 1.000 comentários, quase todos negativos, a cobrança aparece nos termos e condições do site que o usuário precisa aceitar quando está criando uma conta.

O valor é cobrado automaticamente dos fundos da carteira e não é retornável. Se o usuário não tiver o valor disponível, sua conta pode ser encerrada, mas ele será notificado antes disso acontecer. Um dos representantes do G2A Pay foi ao Reddit defender a prática, dizendo que eles não cobram quando não tem fundos e que "custa dinheiro manter as contas". Ele também quis ressaltar que não dá trabalho logar de vez em quando na conta.

"Nós não obrigamos esses usuários a comprarem nada, apenas logarem pelo menos uma vez a cada seis meses, só pra gente saber que eles ainda estão com a gente. Como uma instituição financeira, nós também somos monitorados, supervisionados e auditados e temos que fazer back ups e explicar todas as nossas contas e fundos armazenados nessas contas. Quando uma conta pode ser considerada abandonada, nós tomamos certas medidas para nos assegurar que estamos alinhados com todas as regulações, jurisdições e leis."

"Nós não obrigamos esses usuários a comprarem nada, apenas logarem pelo menos uma vez a cada seis meses, só pra gente saber que eles ainda estão com a gente. Como uma instituição financeira, nós também somos monitorados, supervisionados e auditados e temos que fazer back ups e explicar todas as nossas contas e fundos armazenados nessas contas. Quando uma conta pode ser considerada abandonada, nós tomamos certas medidas para nos assegurar que estamos alinhados com todas as regulações, jurisdições e leis."

A G2a, no entanto, enfrenta duras críticas porque suas práticas como loja sempre estão sob suspeita. A loja muitas vezes é acusada de vender keys de jogos obtidas por meios ilegais. A produtoa tinyBuild, por exemplo, chegou a acusar a loja de vender um valor total de US$ 450.000 keys de seus jogos, todas obtidas de maneiras fora da legalidade.

Fonte: Eurogamer, Reddit
Tags
  • Redator: João Gabriel Nogueira

    João Gabriel Nogueira

    João Gabriel Nogueira se formou em jornalismo pela Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC) em 2015 e curte games desde muito antes. Começou com o Master System e o gosto pelos jogos eletrônicos trouxe o gosto pela tecnologia. Escrever notícias e análises de jogos, hardware e dispositivos móveis para o Adrenaline, além de trabalho é uma alegria e um aprendizado.

O que você prefere?

O que você achou deste conteúdo? Deixe seu comentário abaixo e interaja com nossa equipe. Caso queira sugerir alguma pauta, entre em contato através deste formulário.