Criador de Gears of War anuncia sua aposentadoria do desenvolvimento de jogos

O desenvolvedor e criador da série Gears of war, Cliff Bleszinski, anunciou oficialmente em seu Twitter sua aposentadoria do desenvolvimento de jogos.

Depois de ser acusado na rede social de não reembolsar os jogadores que compraram o game LawBreakers depois que sua desenvolvedora Boss Key Productions encerrou as atividades em maio deste ano. Bleszinski respondeu um comentário dizendo que estava chateado e desabafou alguns dos motivos que fizeram ele se afastar por um tempo do desenvolvimento de outros jogos.

 

"Eu paguei meus funcionários, seus planos de saúde e seus cuidados de saúde - mesmo meses após o fechamento do estúdio. Assim, eles poderiam cuidar de suas famílias. Eu não recebi um salário por dois anos.Entendo que você está triste, mas Deus, esse tipo de merda é outra razão pela qual eu NUNCA farei outro jogo."

"Eu paguei meus funcionários, seus planos de saúde e seus cuidados de saúde - mesmo meses após o fechamento do estúdio. Assim, eles poderiam cuidar de suas famílias. Eu não recebi um salário por dois anos.Entendo que você está triste, mas Deus, esse tipo de merda é outra razão pela qual eu NUNCA farei outro jogo."

A seriedade das afirmações do Tweet foi questionada pela GameIndustry, e a resposta que receberam foi “estou pronto!”. 

Bleszinski trabalhou na Epic Games durante 20 anos e em 2014 anunciou o seu próprio estúdio de desenvolvimento, e além de Gears of War foi um dos responsáveis pelas séries Unreal e Unreal Tournament, Além dos títulos Shadow Complex e Bulletstorm.

Via: Comicbook
Assuntos
Tags
  • Redator: Lucas Alvaro Araujo

    Lucas Alvaro Araujo

    Lucas Alvaro virou jornalista pelo amor aos games e o desejo de escrever seus próprios roteiros para jogos com nota máxima no Metacritic. Apesar de ter atuado como designer e desenvolvedor de jogos durante dois anos, a paixão pela redação o trouxe para "os bastidores", onde está adquirindo experiência e aprendizado nos mais diversos segmentos da tecnologia. E é dessa forma que pretende se tornar especialista na área e descobrir o que fazer quando os robôs começarem a dominar o mundo.

O que você prefere?

O que você achou deste conteúdo? Deixe seu comentário abaixo e interaja com nossa equipe. Caso queira sugerir alguma pauta, entre em contato através deste formulário.