[+Update] Bug da Microsoft desativa licenças do Windows 10 Pro e Enterprise

[+Update]: Segundo o site ZDNet, alguns usuários já estão reportando que o seu problema foi resolvido. Para todos os outros, a solução continua sendo utilizar o Windows 10 Pro normalmente, até que engenheiros da Microsoft resolvam o problema de maneira mais definitiva.

[Notícia Original]:
Um novo bug do sistema operacional Windows 10 Pro faz com que a licença do computador com a Microsoft seja desativada ou rebaixada a uma versão inferior do software. Com isso, a build do usuário do Windows acaba ficando inútil após apenas alguns dias.

De acordo com o site Guru3D, a licença do Windows 10 Pro simplesmente aparece como desativada de repente. O problema é relacionado ao servidor de ativação do sistema operacional e os engenheiros da Microsoft estão trabalhando para consertar o problema. A expectativa é de que o contratempo seja resolvido dentro de um ou dois dias úteis.

"Nós estamos cientes dos relatos de alguns consumidores que suas máquinas com Windows 10 Pro e Windows 10 Enterprise não estão reconhecendo suas licenças conforme ativadas. Usuários podem receber a seguinte notificação: 'Erro: você está rodando Windows 10 Pro, mas você tem uma licença digital válida para Windows 10 Home', ou algum dos seguintes códigos de erro: 0X803F8001, 0xC004C003. Nós estamos ativamente trabalhando para resolver isso dentro de 24 horas. Você ainda pode usar o seu PC; contudo, a marca d'água vai aparecer até a ativação ser restaurada. Obrigado pela sua paciência".
- Resposta oficial do chat de suporte da Microsoft

Caso você esteja enfrentando este problema e receba a mensagem de que seu PC tem a licença do Windows 10 Home, o mais indicado é apenas ignorar isso e esperar a solução oficial e automática da Microsoft – isto é, se eu PC tem Windows 10 Pro ou Enterprise válido.

Via: Guru3D
  • Redator: Carlos Felipe Estrella

    Carlos Felipe Estrella

    Apaixonado por games desde os 6 anos de idade, quando ganhou um Playstation, época em que também se divertia com o Super Nintendo dos outros. Em 2005 migrou para o PC, e aí começou a se interessar por tecnologia também. Apesar disso, nunca conseguiu largar a preferência por jogos de corrida e de esporte, principalmente os de futebol. Estuda jornalismo na Universidade Federal de Santa Catarina.

Qual o seu palpite para os preços dos consoles da próximo geração?

O que você achou deste conteúdo? Deixe seu comentário abaixo e interaja com nossa equipe. Caso queira sugerir alguma pauta, entre em contato através deste formulário.