Final Fantasy XV perde diretor e futuros DLCs são cancelados

O dia começou triste para os fãs de Final Fantasy XV. A Square Enix anunciou em um "programa especial" que o diretor do game, Hajime Tabata, deixou a companhia e 75% dos DLCs futuros do game foram cancelados.

A publisher planejava lançar quatro conteúdos extras explorando a história dos personagens Aranea, Luna, Noctis e Ardyn, mas apenas o último terá seu DLC lançado, com previsão de chegada em março de 2019, com um teaser chegando no mês que vem. A Square Enix também confirmou que a saída de Tabata não vai interferir no lançamento do multiplayer standalone Comrades, que acontece em 12 de dezembro, e no crossover com Final Fantasy XIV.

Hajime Tabata estava liderando atualmente um estúdio criado dentro da Square Enix, a Luminous Productions. O desenvolvedor ganhou importância na empresa após assumir Final Fantasy XV e conseguir entregar o projeto em 2016, após anos de atraso do game quando estava nas mãos de Tetsuya Nomura, que também é responsável pela franquia Kingdom Hearts.

Segundo o desenvolvedor, os futuros projetos da Luminous Productions estão encaminhados e, por causa disso, ele vai sair da empresa para trabalhar em seu próximo grande "desafio". "Em relação aos meus próximos empreendimentos, eu tenho um projeto que realmente desejo solidificar como meu próximo desafio depois de FFXV", explicou Tabata.

Via: The Verge, Kotaku
Tags
  • Redator: Mateus Mognon

    Mateus Mognon

    Mateus Mognon é formado em Jornalismo pela Universidade Federal de Santa Catarina. Vencedor do prêmio SET Universitário na Categoria Reportagem Digital, atua nos sites do grupo Adrenaline desde 2014. Atualmente, colabora para os veículos com notícias, análises e artigos envolvendo tecnologia e games.

Qual vai ser o melhor game lançado em maio de 2020?

O que você achou deste conteúdo? Deixe seu comentário abaixo e interaja com nossa equipe. Caso queira sugerir alguma pauta, entre em contato através deste formulário.