Steam anuncia Motion Smoothing, tecnologia para rodar jogos VR em GPUs de menor desempenho

Desenvolvedores da equipe SteamVR anunciaram uma nova funcionalidade chamada Motion Smoothing que permitirá que mais jogadores em mais computadores possam aproveitar jogos em VR sem problemas de desempenho.

Essa técnica funciona adicionando quadros, o SteamVR detecta quando o jogo vai ter uma queda de quadros e, se isso acontecer, ele olha os últimos dois quadros entregues na tela do jogador e prevê o movimento e adiciona o quadro previsto. 

Isso não elimina o atraso mas impede a sensação e resolve pequenas quedas de frames. Segundo a Steam, isso pode permite que hardwares com menor especificação acompanhe outros de melhor desempenho. A empresa também disse que com isso os usuários com placas de vídeo não necessariamente poderosas possam a apreciar o VR sem ter problemas. 

O principal foco da Valve no anúncio foram os Vive e Vive Pro, e também foi confirmado que, para esses modelos, mesmo quem tem uma placa de entrada poderá ter uma boa experiência com VR, antes algo possível apenas para quem tinha uma placa de alto desempenho.

- Continua após a publicidade -

A tecnologia está listada no programa de Betas da SteamVR e requer uma placa de vídeo da Nvidia, também não estará disponível para Oculus Rift ou Windows Mixed Reality

 

Fonte: Steam
Tags
  • Redator: Neri Neto

    Neri Neto

    O universo geek faz parte do dia a dia, da vida, deste jornalista. Formado pela Universidade Federal de Santa Catarina, Neri Neto é responsável por conteúdos diversos no Adrenaline. Ele adora tecnologia, cinema, games e descobriu ainda na infância que a linguagem dos vídeos seria perfeita para falar de tudo que ama. Neri também fala bastante em terceira pessoa, gosta de descontrair e está sempre nas redes sociais.

O que você achou deste conteúdo? Deixe seu comentário abaixo e interaja com nossa equipe. Caso queira sugerir alguma pauta, entre em contato através deste formulário.