BGS 2018 - Dreams tem um conceito diferente, mas promete ser um jogo ambicioso

Depois do seu anúncio em 2013 Dreams, o novo projeto da Media Molecule, mesma desenvolvedora dos games da série LittleBigPlanet, deu as caras na BGS 2018 com uma demo jogável de suas múltiplas possibilidades de interação.

O game de criação que promete dar liberdade para que os jogadores criem universos fantásticos com diferentes tipos de imersão em suas aventuras é ambicioso e possui uma familiaridade visual com os outros games da desenvolvedora. O destaque em suas ferramentas criação similares a programas de modelagem digital, já que são muito mais precisas do que nos outros jogos, elaboradas justamente para manipular e editar objetos pré-construídos e fazer aventuras totalmente diferentes umas das outras.

Ainda é difícil saber ao certo como o game vai funcionar na questão da liberdade de criação dos jogadores, pois sua intenção é dar a possibilidade de tornar real e interativa suas imaginações, seja na forma de um game em tridimensional, bidimensional ou até mesmo musical. 

A demo disponível era composta por alguns minigames totalmente diferentes uns dos outros  justamente para detalhar a infinidade de possibilidades que o game permite. Numa delas podíamos jogar um multiplayer colaborativo de dois robôs que usam elementos de do cenário para passar por puzzles, já em outra era possível controlar uma nave em um campo 2D - como os clássicos shoot ‘em up - em desafios frenéticos. 

Um dos pontos mais fortes do game é a capacidade de interação com outras ferramentas do Playstation 4 não se limitando apenas no sensor de movimento do controle, mas podendo ser utilizado com o PS Move e o Playstation VR, deixando a criação muito mais intuitiva. 

- Continua após a publicidade -

As diferentes aventuras poderão ser compartilhadas on-line com outros jogadores assim como também os sistemas de criação serão colaborativos para que os outras pessoas também consigam inovar e elaborar obras “belíssimas artísticas” sozinhas eu em conjunto. 

Talvez seu conceito não agrade a todos, principalmente aqueles que não querem jogar um game onde você “desenvolve games”, agora se você se atrai por jogos não-convencionais ou tem o interesse de criar o seu próprio essa será uma ótima opção e vai lhe dar bons resultados no final. 

Dreams ainda não tem data de lançamento, mas está previsto para 2019. 

  • Redator: Lucas Alvaro Araujo

    Lucas Alvaro Araujo

    Lucas Alvaro virou jornalista pelo amor aos games e o desejo de escrever seus próprios roteiros para jogos com nota máxima no Metacritic. Apesar de ter atuado como designer e desenvolvedor de jogos durante dois anos, a paixão pela redação o trouxe para "os bastidores", onde está adquirindo experiência e aprendizado nos mais diversos segmentos da tecnologia. E é dessa forma que pretende se tornar especialista na área e descobrir o que fazer quando os robôs começarem a dominar o mundo.

Com o GeForce Now e o xCloud surgindo como opções, qual seu plano a médio prazo?

O que você achou deste conteúdo? Deixe seu comentário abaixo e interaja com nossa equipe. Caso queira sugerir alguma pauta, entre em contato através deste formulário.