EA está "monitorando de perto" situação de Cristiano Ronaldo após acusação de estupro

A divisão de esportes da Electronic Arts divulgou que está, em suas palavras, "monitorando de perto" a situação de Cristiano Ronaldo, que é destaque na capa do game FIFA 19. O atacante da Juventus foi acusado de estuprar a professora Kathryn Mayorga num quarto de hotel em Las Vegas em junho de 2009.

Um porta-voz da EA Sports enviou um e-mail ao site especializado Eurogamer onde classifica a reportagem da revista alemã Der Spiegel como, em suas palavras, "preocupante".

Os fãs da série perceberam que recentemente a desenvolvedora mudou o banner de sua conta oficial no Twitter para uma imagem do logo de FIFA 19 com citações de análises do game. Antes, o espaço era ocupado por uma foto de CR7.

"Nós vimos a preocupante reportagem que detalha alegações contra Cristiano Ronaldo. Nós estamos monitorando de perto a situação, pois esperamos que os atletas de capa e embaixadores se conduzam de maneira que seja consistente com os valores da EA".
- Porta-voz da EA Sports

Segundo o Eurogamer, o representante da EA disse que a empresa atualiza seus banners das rede sociais para certas campanhas de marketing.

- Continua após a publicidade -

A declaração da EA vem após um comentário parecido da Nike, fabricante de materiais esportivos que possui contrato com Cristiano Ronaldo. A empresa também disse estar monitorando a situação.

A federação de futebol de Portugal manteve CR7 fora da convocação para os jogos contra Polônia e Escócia. Enquanto isso, a Juventus – que pagou R$ 475 milhões para contratá-lo – defendeu o atacante no Twitter.

"O Cristiano Ronaldo mostrou em meses recentes seu grande profissionalismo e dedicação, que é apreciado por todo mundo na Juventus. Os eventos que alegadamente datam para quase 10 anos atrás não mudam essa opinião, que é compartilhada por qualquer um que entrou em contato com este grande campeão".
- Perfil oficial da Juventus no Twitter

- Continua após a publicidade -

Cristiano Ronaldo nega as acusações, e chama a reportagem da Spiegel de "fake news" e emitiu um comunicado em sua conta oficial no Twitter.

"Eu nego firmemente as acusações sendo publicadas contra mim. Estupro é um crime abominável que vai conta tudo que eu sou e em que acredito. Por mais que eu esteja interessado em limpar o meu nome, eu me nego a alimentar o espetáculo de mídia criado por pessoas que buscam se promover às minhas custas. Minha consciência limpa vai permitir que eu aguarde com tranquilidade os resultados de todas e quaisquer investigações".
- Cristiano Ronaldo em seu perfil oficial no Twitter

.....

Está pensando em comprar algum produto online? Conheça a extensão Economize do Adrenaline para Google Chrome. Ela é gratuita e oferece a você comparativo de preços nas principais lojas e cupons para você comprar sempre com o melhor preço. Baixe agora.

Via: Der Spiegel Fonte: Eurogamer
Tags
  • Redator: Carlos Felipe Estrella

    Carlos Felipe Estrella

    Apaixonado por games desde os 6 anos de idade, quando ganhou um Playstation 1. Em 2005 migrou para o PC, e aí começou a se interessar por tecnologia. Formado jornalismo na Universidade Federal de Santa Catarina.

O que você achou deste conteúdo? Deixe seu comentário abaixo e interaja com nossa equipe. Caso queira sugerir alguma pauta, entre em contato através deste formulário.