Ações da Intel sobem 5% após sinal de melhoras na produção de componentes em 10nm

Não é novidade que a Intel tem encontrado problemas em produzir o volume de componentes em 10nm que o mercado tem demandado para seus processadores. Mas o outro lado dessa luta mostra que ainda existe forte interesse nos produtos da empresa e é isso que foi mostrado na primeira boa notícia em relação à fabricação da Intel, que fez o valor de suas ações no mercado aumentarem em 5%.

O relatório vei o de Steve Mullane, da BlueFin Research Partners, que afirmou que é possível que a Intel consiga entregar uma produção mais volumosa do processo em 10nm antes do esperado. A previsão estava caindo para os arredores de junho de 2019, mas Mullane está vendo a possibilidade das coisas melhorarem entre o final de 2018 e início de 2019. Ele afirma ainda que pode ser que a entrega dos componentes com essa litografia aconteça entre quatro ou seis semanas antes do prazo estipulado para junho de 2019, o que empolgou investidores.

Como seria de se esperar, boas notícias para a Intel são más notícias para a AMD. O "lado vermelho da força" viu o valor de suas ações caírem em 3,6 % no mesmo período em que as ações da sua concorrente subiram. No fim do dia a Intel fechou com alta de 3,55% e a AMD com baixa de 7,65%.

Fonte: TechPowerUp
  • Redator: João Gabriel Nogueira

    João Gabriel Nogueira

    João Gabriel Nogueira se formou em jornalismo pela Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC) em 2015 e curte games desde muito antes. Começou com o Master System e o gosto pelos jogos eletrônicos trouxe o gosto pela tecnologia. Escrever notícias e análises de jogos, hardware e dispositivos móveis para o Adrenaline, além de trabalho é uma alegria e um aprendizado.

O que você achou deste conteúdo? Deixe seu comentário abaixo e interaja com nossa equipe. Caso queira sugerir alguma pauta, entre em contato através deste formulário.