Bioware diz que está "vendo neste momento" se DLSS e ray tracing serão possíveis em Anthem

Os produtores Mark Darrah e Michael Gamble, de Anthem, foram ao Twitter responder algumas perguntas dos jogadores sobre o jogo, através da hashtag #AMAAAA (ask me almost anything about Anthem). Dentre muitas dúvidas pontuais que os desenvolvedores da BioWare puderam discutir, uma chamou muito a atenção: Darrah afirmou que eles estão "vendo neste momento" se será possível suportar DLSS e ray tracing no jogo:

Anthem certamente não está buscando ser um jogo que economiza em gráficos, mesmo com sua pegada em multiplayer. Foi até por isso que ele fez sua revelação como uma das maneiras de promover o hardware do Xbox One. Certamente usar uma tecnologia como ray tracing neste jogo seria para apenas algumas máquinas bem poderosas.

Infelizmente foi só isso que os produtores falaram a respeito da implementação de tecnologia, mas muitas outras dúvidas interessantes foram respondidas na thread. Alguns pontos:

- O jogo vai usar matchmaking para tudo e terá servidores dedicados
- Não vai haver uma hub para os jogadores se encontrarem no lançamento
- Nada de cross-play no lançamento
- Opções de customização para o visual e para as habilidades são em sua maioria independentes

- Continua após a publicidade -

Na hashtag chegaram a perguntar sobre a necessidade da Live Gold e PS Plus para jogar, mas a pergunta não foi respondida.

Anthem será lançado no dia 22 de fevereiro no PC, PS4 e Xbox One, com uma demo para um grupo seleto no dia 1 de fevereiro.

Fonte: WCCFTech
Tags
  • Redator: João Gabriel Nogueira

    João Gabriel Nogueira

    João Gabriel Nogueira se formou em jornalismo pela Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC) em 2015 e curte games desde muito antes. Começou com o Master System e o gosto pelos jogos eletrônicos trouxe o gosto pela tecnologia. Escrever notícias e análises de jogos, hardware e dispositivos móveis para o Adrenaline, além de trabalho é uma alegria e um aprendizado.

Qual os planos para hardware esse ano?

O que você achou deste conteúdo? Deixe seu comentário abaixo e interaja com nossa equipe. Caso queira sugerir alguma pauta, entre em contato através deste formulário.