UNICAMP cria meio para aproveitar energia do ar

Um grupo de cientistas brasileiros acredita ter encontrado uma maneira de capturar eletricidade diretamente a partir do ar e ao mesmo tempo, evitar o surgimento dos perigosos raios.

"Nossa pesquisa pode abrir caminho para transformar a eletricidade da atmosfera em uma fonte de energia alternativa para o futuro", disse o líder do estudo, Dr. Fernando Galembeck, da Universidade de Campinas - UNICAMP. "Assim como a energia solar poderia livrar alguns lares de pagar contas de energia elétrica, esta nova e promissora fonte de energia poderia ter um efeito semelhante."

Os cientistas têm certeza sobre a criação de descarga elétrica a partir do choque de vapor de Água com partículas microscópicas de poeira e outros materiais no ar.


(Crédito: Custódio Coimbra)

- Continua após a publicidade -

O Dr. Galembeck e seus colegas simularam isso usando minúsculas partículas de sílica e fosfato de alumínio, ambas as substâncias comuns no ar, e mostrou que a sílica se tornou mais carregada negativamente na presença de alta umidade, e que o fosfato de alumínio tornou-se mais positivamente carregada.

"Esta era uma evidência clara de que a Água na atmosfera pode acumular cargas elétricas e transferi-las a outros materiais que entrem em contato", explicou o cientista. "Estamos chamando esta descoberta de "higroeletricidade", que significa "eletricidade da umidade".

No futuro, Dr. Galembeck  disse ser possível desenvolver coletores, semelhantes às células solares, para captar a higroeletricidade e encaminhar sua energia para residências e empresas.

Assim como as células solares funcionam melhor em Áreas ensolaradas do mundo, painéis higroelétricos trabalham de forma mais eficiente em Áreas com alta umidade, como o todas as regiões cobertas por florestas tropicas, como o Norte do Brasil.

O Dr. Fernando Galembeck revelou ainda que a descoberta pode até mesmo impedir a formação de raios. Ele prevê a colocação de painéis higroelétricos no topo de prédios em regiões que sofrem com tempestades freqüentes. Os painéis iam drenar a eletricidade do ar e evitar o acúmulo de carga elétrica que é liberado em um raio.

- Continua após a publicidade -

Sua equipe de pesquisa estÁ atualmente em fase de teste para identificar os melhores tipos de metais que tenham o maior potencial para utilização na captura de eletricidade atmosférica e na prevenção da queda de raios.

Assuntos
Tags
  • Redator: Filipe Braga

    Filipe Braga

    Filipe Braga é um cearense extremamente simpático formado em Ciências da Computação e apaixonado por computadores e tecnologia em geral. Também participa de reviews de hardware, especialmente placas de vídeo, processadores e placas mãe.

Qual vai ser o melhor game de setembro de 2020?

O que você achou deste conteúdo? Deixe seu comentário abaixo e interaja com nossa equipe. Caso queira sugerir alguma pauta, entre em contato através deste formulário.