Bitcoin e Ether perdem valor e causam pânico entre investidores

As criptomoedas Bitcoin e Ether – assim como moedas virtuais alternativas – estão apresentando quedas constantes em seus valores, trazendo preocupação para os investidores. A maior delas, a Bitcoin, chegou a valer menos de US$ 6.000 (R$ 23.400) durante a semana, muito abaixo dos US$ 19.000 que alcançou no final de 2017.

Entenda o Bitcoin, as criptomoedas que vieram pra ficar, e saiba como elas funcionam

Já a moeda virtual Ether, que é minerada através da plataforma Ethereum, teve seu valor reduzido em até 13%. Segundo o site Coin Market Cap, apenas 1 das 100 maiores criptomoedas não apresentou quedas durante as últimas 24 horas.

De acordo com o site Bloomberg, o mercado de capitalização total das moedas virtuais é de US$ 193 bilhões (R$ 754 bilhões) hoje, muito abaixo do pico de US$ 835 bilhões alcançado em janeiro de 2018.

- Continua após a publicidade -

"A maioria das criptomoedas foram super-valorizadas por um longo tempo. É difícil explicar essa movimentação por qualquer fator em particular, mas parece que é o oposto do ano passado, quando o dinheiro foi empilhado conforme as pessoas sentiam FOMO [medo de perder]. Agora estão retirando esse dinheiro conforme sentem pânico".
- Samson Mow, diretor de estratégia da Blockstream Corp ao site Bloomberg

No seu período de maior sucesso em 2017, a Ether chegou a representar uma fatia de 32% da capitalização de mercado das criptomoedas. Na época, ela chegou muito próxima da Bitcoin, que possuía 39%. Hoje, esse panorama foi bastante alterado, com a Bitcoin representando 54% do total enquanto a Ether tem 14% do mercado.

"A grande história no mercado hoje é a gigantesca fraqueza no Ethereum. A Bitcoin tem se segurado relativamente bem em comparação com o Ethereum. Ainda assim, ela está relativamente fraca em comparação com o dólar dos EUA".
- Timothy Tam, diretor executivo da CoinFi ao site Bloomberg

"A grande história no mercado hoje é a gigantesca fraqueza no Ethereum. A Bitcoin tem se segurado relativamente bem em comparação com o Ethereum. Ainda assim, ela está relativamente fraca em comparação com o dólar dos EUA".
- Timothy Tam, diretor executivo da CoinFi ao site Bloomberg

Com isso, conforme aponta o site TechPowerUp, fica cada vez menos viável de se utilizar placas de vídeo para mineração. "A única coisa que você ganha por minerar Ethereum agora é esquentar o ambiente", analisa a publicação.

Via: Coin Market Cap, TechPowerUp, Mundo Conectado Fonte: Bloomberg
Assuntos
Tags
  • Redator: Carlos Felipe Estrella

    Carlos Felipe Estrella

    Apaixonado por games desde os 6 anos de idade, quando ganhou um Playstation 1. Em 2005 migrou para o PC, e aí começou a se interessar por tecnologia. Formado jornalismo na Universidade Federal de Santa Catarina.

Pra você, quem merece o GOTY?

O que você achou deste conteúdo? Deixe seu comentário abaixo e interaja com nossa equipe. Caso queira sugerir alguma pauta, entre em contato através deste formulário.