Arkane diz que Dishonored está "descansando", sem planos de um novo game no momento

A Arkane colocou sua série de maior sucesso, Dishonored, na geladeira. Ao menos é isso que Ricardo Bare, líder de design do estúdio, disse ao VG 24/7 durante uma entrevista na QuakeCon 2018.

"Eu não posso dizer em definitivo o que vai acontecer mais tarde no futuro, qualquer coisa pode acontecer, mas Dishonored está descansando no momento."

"Eu não posso dizer em definitivo o que vai acontecer mais tarde no futuro, qualquer coisa pode acontecer, mas Dishonored está descansando no momento."

Análise de Dishonored

Bare disse que não gostaria de ver o estúdio fazendo cópias de seus games já lançados, como Dishonored e Prey, mas que gostaria de manter a linha de um gameplay "improvisado" num mundo construído com capricho e profundidade.

"Até onde simuladores puramente imersivos vão, eu não sei se vamos continuar fazendo tipo uma cópia – 'isso é um simulador imersivo e é a única coisa que faremos pra sempre.' As coisas que são importantes para o estúdio são a construção coerente, imersiva e profunda de mundos e contar histórias com o ambiente . Nós vamos sempre criar espaços que você sinta que está visitando, seja Dunwall ou Talos 1. (O cenário) É um personagem tão importante quanto o jogador ou as pessoas que você conhece. Depois há também o gameplay improvisado, dar aos jogadores um monte de habilidades e ferramentas legais e depois dizer 'se vira'."

"Até onde simuladores puramente imersivos vão, eu não sei se vamos continuar fazendo tipo uma cópia – 'isso é um simulador imersivo e é a única coisa que faremos pra sempre.' As coisas que são importantes para o estúdio são a construção coerente, imersiva e profunda de mundos e contar histórias com o ambiente . Nós vamos sempre criar espaços que você sinta que está visitando, seja Dunwall ou Talos 1. (O cenário) É um personagem tão importante quanto o jogador ou as pessoas que você conhece. Depois há também o gameplay improvisado, dar aos jogadores um monte de habilidades e ferramentas legais e depois dizer 'se vira'."

O designer mencionou também que o estúdio normalmente desenvolve em primeira pessoa, mas que isso não é uma regra inflexível e que eles "podem tentar outras coisas de vez em quando".

- Continua após a publicidade -

Fonte: VG 24/7
Tags
  • Redator: João Gabriel Nogueira

    João Gabriel Nogueira

    João Gabriel Nogueira se formou em jornalismo pela Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC) em 2015 e curte games desde muito antes. Começou com o Master System e o gosto pelos jogos eletrônicos trouxe o gosto pela tecnologia. Escrever notícias e análises de jogos, hardware e dispositivos móveis para o Adrenaline, além de trabalho é uma alegria e um aprendizado.

Pra você, quem merece o GOTY?

O que você achou deste conteúdo? Deixe seu comentário abaixo e interaja com nossa equipe. Caso queira sugerir alguma pauta, entre em contato através deste formulário.