Sony impede venda do dispositivo que desbloqueia o PS3

HÁ alguns dias noticiamos o surgimento de um software nomeado PSJailbreak capaz de desbloquear o Playstation 3 através de um pendrive. Agora, segundo rumores que circulam pela rede, a Sony jÁ teria encontrado algumas soluções para combater a ameaça. Uma delas é a proibição da venda inicial do dispositivo.


A empresa conseguiu que as autoridades australianas, local onde surgiu o acessório, proibissem a venda do pendrive temporariamente naquele país. A intervenção da justiça local serÁ realizada até o dia 31 de agosto próximo, quando o caso serÁ oficialmente julgado. Vale ressaltar que o uso de modchips e outros tipos de desbloqueio são aceitos na AustrÁlia e, por isso, a Sony terÁ que provar a ilegalidade do PSJailbreak para ganhar a causa. Caso a empresa perca, o pendrive serÁ vendido oficialmente por lÁ a partir de 1° de novembro.



Uma outra solução encontrada pela Sony envolve a detecção de um código de erro existente nos consoles que jÁ utilizaram o pendrive ou qualquer outro HD externo com o software pirata instalado. A partir do reconhecimento dessa falha, a empresa pode verificar os usuÁrios que conectaram à Playstation Network nesse meio termo e iniciar a onda de banimentos desses jogadores e respectivamente dos seus consoles. Algo bastante comum no histórico da Microsoft para com o Xbox 360.

Donos do Playstation 3, caso o modchip comece a ser oficialmente vendido, você irÁ desbloquear o seu aparelho, considerando o risco de tê-lo banido permanentemente?

Assuntos
Tags
  • Redator: Andrei Longen

    Andrei Longen

    Jornalista pela Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC), Andrei Longen é entusiasta por videogames desde os 7 anos, quando ganhou um Odyssey 2, seu primeiro console. Hoje tem PS4, PS3 e PS Vita e adora caçar troféus em todos os jogos. Colabora no Adrenaline com notícias, análises, artigos, colunas e vídeos.

Qual vai ser o melhor game de outubro de 2020?

O que você achou deste conteúdo? Deixe seu comentário abaixo e interaja com nossa equipe. Caso queira sugerir alguma pauta, entre em contato através deste formulário.