Está na hora de vender ações da Intel, enquanto da AMD são neutras agora, segundo Goldman Sachs

O Goldman Sachs, um dos maiores bancos do mundo, anunciou uma revisão no status das ações para as duas gigantes rivais da fabricação de processadores domésticos: Intel e AMD. E as notícias não são das melhores para a Intel, enquanto são boas para a AMD

Destacando problemas no processo de fabricação em 10nm para a litografia, o banco agora colocou as ações da Intel como "vender", abaixando elas do status de "neutras", onde se encontravam anteriormente.

"Nós vemos os problemas da Intel com a tecnologia do processo de 10nm tendo ramificações em termos de sua posição competitiva - em toda uma gama ampla de produtos. Enquanto a divulgação dos 10nm está bem pública a essas alturas, nós acreditamos que os problemas na manufatura da Intel podem ser mais profundos do que a maioria pensa e podem ter um impacto substancial na fatia de mercado e/ou nos níveis de gastos enquanto a Intel compete com um ecossistema crescente e mais forte da TSMC."

"Nós vemos os problemas da Intel com a tecnologia do processo de 10nm tendo ramificações em termos de sua posição competitiva - em toda uma gama ampla de produtos. Enquanto a divulgação dos 10nm está bem pública a essas alturas, nós acreditamos que os problemas na manufatura da Intel podem ser mais profundos do que a maioria pensa e podem ter um impacto substancial na fatia de mercado e/ou nos níveis de gastos enquanto a Intel compete com um ecossistema crescente e mais forte da TSMC."

Enquanto isso, em parte pelos mesmos motivos, a AMD fica melhor posicionada. Segundo declarações do banco, os problemas da Intel com o processo de 10nm e o atraso de novos produtos consequente disso vai dar espaço pra AMD crescer não só para consumidores domésticos, mas também no lucrativo mercado de servidores. Assim, o Goldman Sachs subiu as ações da empresa que estavam no status de "vender" para "neutras".

Via: TechPowerUp Fonte: CNBC, CNBC
Assuntos
Tags
  • Redator: João Gabriel Nogueira

    João Gabriel Nogueira

    João Gabriel Nogueira se formou em jornalismo pela Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC) em 2015 e curte games desde muito antes. Começou com o Master System e o gosto pelos jogos eletrônicos trouxe o gosto pela tecnologia. Escrever notícias e análises de jogos, hardware e dispositivos móveis para o Adrenaline, além de trabalho é uma alegria e um aprendizado.

Qual a sua marca de mouses para jogos favorita? - Pesquisa de Periféricos 2020

O que você achou deste conteúdo? Deixe seu comentário abaixo e interaja com nossa equipe. Caso queira sugerir alguma pauta, entre em contato através deste formulário.