Inteligência Artificial programada em CUDA já consegue criar memes sozinha

A Inteligência Artificial programada em CUDA e que utiliza a placa de vídeo TITAN Xp já consegue criar memes sozinha. A IA foi desenvolvida para criar memes engraçados, e a imagem abaixo foi legendada pela rede de deep learning:

Quem desenvolveu a IA foi o estudante Lawrence Peirson e seu colega E. Meltem Tolunay. A rede neural que coloca legendas em memes foi inicialmente um projeto estudantil, agora publicado oficialmente como “Dank Learning”. Todo esse projeto roda em uma placa de vídeo NVIDIA TITAN Xp. O estudante Peirson coletou cerca de 400 mil memes gerados pelo usuário no site memegenerator.net. O site fornece modelos de memes e permite que os usuários criem suas próprias legendas.

Eles são muito engraçados de um jeito que quase faz sentido, mas não fazOs memes se prestam a esse tipo de humor”.
- Lawrence Peirson 

Eles são muito engraçados de um jeito que quase faz sentido, mas não fazOs memes se prestam a esse tipo de humor”.
- Lawrence Peirson 

O conjunto de dados incluiu cerca de três mil imagens de base, cada uma com muitas legendas diferentes. Os dados iniciais foram obtidos por crowdsourcing, então como houve muitas imagens de colaboração, a pesquisa contou com vários tipos de humor nas legendas dos memes. “Com 400 mil memes a maioria não vai ser tão engraçada, mas pelo menos ensinam ao sistema o que é um meme, qual piada é relevante”, disse Peirson.

Como resultado de pegar memes e imagens com piadas da internet, a tecnologia absorve tanto o que é bom quanto o que é ruim na cultura digital. A pequisa de Peirson aponta um treinamento em relação ao memes desnecessários com piadas racistas e sexistas, por exemplo. Peirson diz que vai filtrá-las em trabalhos futuros, mas ressalta que “é um grande problema no processamento de linguagem natural em geral”, não algo específico dos memes.

- Continua após a publicidade -

Para avaliar o nível de graça do gerador de memes, Peirson e seu colega apresentaram às pessoas um meme gerado por pessoas e outro por deep learning. A pesquisa mostrou que os memes de deep learning “eram bastante indistinguíveis dos memes reais”. Um aplicativo móvel complementar, também chamado de Dank Learning, estará disponível em breve na App Store.

Assuntos
  • Redator: Mariela Cancelier

    Mariela Cancelier

    Mariela é jornalista pela Universidade Federal de Santa Catarina e gosta de jogos de luta e MOBAs. Foi estagiária do Adrenaline e Mundo Conectado e atualmente é redatora freelancer em ambos os sites.

O que você achou deste conteúdo? Deixe seu comentário abaixo e interaja com nossa equipe. Caso queira sugerir alguma pauta, entre em contato através deste formulário.