Vulnerabilidade NetSpectre consegue atacar (lentamente) o processador por meio da internet

Assim como a mineração, o nome Spectre não está saindo das notícias durante 2018. Desta vez, pesquisadores da Universidade de Graz, na Áustria, encontraram uma vulnerabilidade chamada NetSpectre, que permite ataques remotos a processadores.

Enquanto as versões mais conhecidas até agora do Spectre necessitavam de um código presente na máquina atacada, o NetSpectre não precisa de um programa instalado para acessar o processador.

Segundo as informações, a nova vulnerabilidade atua por meio de um Javascript malicioso no navegador, o que permite acessar dados da CPU diretamente da internet, sem a necessidade de um agente local.

De acordo com o Ars Technica, o NetSpectre atua com o mecanismo de execução especulativa do processador e permite medir a performance da memória cache, o que dá acesso a dados sensíveis do computador.

- Continua após a publicidade -

Felizmente, o processo de ataque é extremamente lento. Como todo o procedimento depende de internet, o ataque sofre com latência, o que torna a invasão quase que impraticável quando o ataque não visa pequenas quantidades de informação.

Os pesquisadores realizaram testes em um sistema baseado em CPU Intel e precisaram fazer um milhão de medidas por bit para tornar o ataque consistente, o que permitiu extrair um byte a cada 30 minutos. Com esse ritmo, os especialistas estimam que seria necessário cerca de 15 anos para extrair 1MB de informação com o NetSpectre.

Em um comunicado, a Intel disse que já está ciente do problema e já enviou instruções para os desenvolvedores sobre a falha. Ou seja, apesar de parecer assustadora, a nova falha não deve ser tão apocalíptica.

Via: Ars Technica, Mundo Conectado
  • Redator: Mateus Mognon

    Mateus Mognon

    Mateus Mognon é formado em Jornalismo pela Universidade Federal de Santa Catarina. Vencedor do prêmio SET Universitário na Categoria Reportagem Digital, atua nos sites do grupo Adrenaline desde 2014. Atualmente, colabora para os veículos com notícias, análises e artigos envolvendo tecnologia e games.

Um dos maiores hypes dos games chegou. Como você vai em Cyberpunk 2077

O que você achou deste conteúdo? Deixe seu comentário abaixo e interaja com nossa equipe. Caso queira sugerir alguma pauta, entre em contato através deste formulário.