Gigantes boicotarão jogos de "segunda mão"

Ao que tudo indica, os grandes estúdios começam a se movimentar contra uma prÁtica bastante utilizada pela comunidade gamemaníaca: a compra de jogos usados.

Cory Ledesma, da THQ, foi bastante claro, direto e taxativo na mídia ao dizer que quem compra jogos usados, estÁ burlando o processo legal de venda.

A Sony e a EA compartilham do mesmo entendimento que a THQ. A divisão da Sony na Europa (SCE), através de se presidente, Andrew House, afirmou que assim como a EA e a THQ, a companhia planeja adota uma política de restrição de conteúdo aos usuÁrios com jogos de segunda mão.

Basicamente a idéia das produtoras é liberar códigos de acesso que só poderão ser utilizados uma única vez para destravar partes do jogo. Assim, quem tiver um jogo usado, não terÁ outra alternativa a não ser pagar pelo acesso a tal conteúdo.

Assuntos
Tags
  • Redator: Filipe Braga

    Filipe Braga

    Filipe Braga é um cearense extremamente simpático formado em Ciências da Computação e apaixonado por computadores e tecnologia em geral. Também participa de reviews de hardware, especialmente placas de vídeo, processadores e placas mãe.

Qual vai ser o melhor game de outubro de 2020?

O que você achou deste conteúdo? Deixe seu comentário abaixo e interaja com nossa equipe. Caso queira sugerir alguma pauta, entre em contato através deste formulário.