Epic Games migra totalmente para a Amazon Web Services

A Amazon Web Services anunciou que a Epic Games, criadora de Fortnite, está migrando totalmente para a provedora de nuvem. Desde sua criação, Fortnite tem sido impulsionado pela AWS. Com isso, a desenvolvedora administra seus servidores de jogos, sistemas de plataformas de back-end, bancos de dados e sites na AWS. A Epic também poderá aproveitar os serviços como analytics e aprendizado de máquina.

Epic Games continua processando cheater de Fortnite que tem apenas 14 anos

A infraestrutura da AWS também permite que a Epic Games ofereça suporte para os 125 milhões de jogadores globais de Fortnite. Por exemplo: recentemente a Epic Games promoveu uma ação na AWS na qual convidou todos os jogadores de Fortnite a entrarem no jogo e assistir a um evento global. A capacidade da AWS permitiu que a empresa executasse o evento sem problema, garantindo que os servidores estivessem disponíveis para todos.

Além disso, a Epic Games está usando serviços de analytics da AWS, como Amazon Kinesis Streams e Amazon Elastic MapReduce (Amazon EMR) para obter e analisar os eventos do jogo e interações em mídias sociais. A companhia também poderá simplificar o gerenciamento de sua infraestrutura durante os horários de pico usando o Amazon Elastic Container Services for Kubernetes (Amazon EKS), além de buscar aproveitar o Amazon ML Solutions Lab para incorporar aprendizado de máquina a seus jogos.

Tags
  • Redator: Mariela Cancelier

    Mariela Cancelier

    Mariela é jornalista pela Universidade Federal de Santa Catarina e gosta de jogos de luta e MOBAs. Foi estagiária do Adrenaline e Mundo Conectado e atualmente é redatora freelancer em ambos os sites.

O que você achou deste conteúdo? Deixe seu comentário abaixo e interaja com nossa equipe. Caso queira sugerir alguma pauta, entre em contato através deste formulário.