IA de Aliens: Colonial Marines pode ter sido arruinada por causa de um erro de digitação

Lançado em 2013, Aliens: Colonial Marines foi trucidado em muitas análises por diversos motivos, mas um dos pontos negativos do jogo poderia ter sido melhorado com facilidade antes do lançamento: a inteligência artificial dos xenomorfos.

Análise - Aliens: Colonial Marines

Segundo a descoberta de um modder chamado James Dickinson, mudar apenas uma letra em um dos arquivos INI do game melhora consideravelmente a experiência com o jogo.

De acordo com as informações, que foram testadas pelo PC Gamer, alterar a palavra "Teather" para "Tether" no arquivo PecanEngine.ini torna os xenomorfos menos burros e mais agressivos.

Como mostrado na imagem acima, os xenomorfos, seres altamente inteligentes e criados para matar, são meio lerdos e fogem em Colonial Marines quando são atingidos.

- Continua após a publicidade -

Quando o erro de digitação é retirado, por outro lado, os xenomorfos ficam mais agressivos e conseguem rastrear e atacar o jogador com mais velocidade, como demonstrado abaixo.

Segundo aponta o PC Gamer, a correção no erro de digitação não corrige todos os problemas do jogo, mas torna a IA mais aceitável, pelo menos. Se você possui o game no PC e quer testar, basta seguir os seguintes passos:

Ir até: My Document/My Games/Aliens Colonial Marines/PecanGameConfig/PecanEngine.ini

Corrigir o erro de digitação em: ClassRemapping=PecanGame.PecanSeqAct_AttachXenoToTether -> PecanGame.PecanSeqAct_AttachPawnToTether 

Via: PC Gamer
  • Redator: Mateus Mognon

    Mateus Mognon

    Mateus Mognon é formado em Jornalismo pela Universidade Federal de Santa Catarina. Vencedor do prêmio SET Universitário na Categoria Reportagem Digital, atua nos sites do grupo Adrenaline desde 2014. Atualmente, colabora para os veículos com notícias, análises e artigos envolvendo tecnologia e games.

Pra você, quem merece o GOTY?

O que você achou deste conteúdo? Deixe seu comentário abaixo e interaja com nossa equipe. Caso queira sugerir alguma pauta, entre em contato através deste formulário.