Samsung teria dobrado produção de memórias HBM2, mas pode não ser suficiente

A Samsung teria dobrado o ritmo de produção de memórias de vídeo HBM2 em suas fábricas, mas isso ainda pode não ser suficiente para suprir a grande demanda por estes componentes. A informação foi divulgada pelo especialista em HPC (Computação de Alto Desempenho) Glen Lockwood em sua conta do Twitter.

De acordo com o site TechPowerUp, o especialista está no evento ISC 2018, que trata da indústria de HPC, e acontece entre os dias 24 e 28 de junho em Frankfurt. Foi lá que a Samsung realizou uma conferência onde falou de sua memória HBM2 de 2ª geração, de codinome Aquabolt.

Samsung inicia produção em massa da 2ª geração de memórias HBM2 de 8GB

A promessa é de que essa nova geração de memórias é 8 vezes mais rápida que a tecnologia GDDR5, oferecendo até 307GB/s de largura de banda em cada stack de memórias.

- Continua após a publicidade -

Hoje, o HBM2 ainda é uma tecnologia cara que só está presente nas placas de vídeo mais caras para consumidores – incluindo a série Radeon RX Vega e a Nvidia Titan V.

Site oficial: ISC 2018

Apesar disso, há grande demanda por essas memórias no mercado de HPC, que hoje possuem aceleradores que, em sua maioria, são baseados em placas de vídeo. Essas placas incluem modelos como AMD Radeon Instinct e Nvidia Tesla.

Via: TechPowerUp
Tags
  • Redator: Carlos Felipe Estrella

    Carlos Felipe Estrella

    Apaixonado por games desde os 6 anos de idade, quando ganhou um Playstation, época em que também se divertia com o Super Nintendo dos outros. Em 2005 migrou para o PC, e aí começou a se interessar por tecnologia também. Apesar disso, nunca conseguiu largar a preferência por jogos de corrida e de esporte, principalmente os de futebol. Estuda jornalismo na Universidade Federal de Santa Catarina.

Qual vai ser o melhor game de outubro de 2020?

O que você achou deste conteúdo? Deixe seu comentário abaixo e interaja com nossa equipe. Caso queira sugerir alguma pauta, entre em contato através deste formulário.