Vega vendeu 10 vezes mais que geração Fiji, revela AMD na Computex 2018

Durante a sua apresentação na Computex 2018, a AMD trouxe algumas informações sobre a presença da marca Radeon no mercado e a adoção dos chips baseado na arquitetura Vega. Segundo a fabricante, a Vega já vendeu 10 vezes mais que a "geração anterior" da empresa.

A empresa não apresentou números detalhados e, após sua conferência, explicou que a comparação feita não leva em conta a arquitetura Polaris, mas sim os chips Fiji, que foram utilizados em placas de vídeo como a Radeon R9 Fury X e R9 Nano.

Além de estar presente nas placas de vídeo topo de linha da AMD para games, a arquitetura Vega está sendo amplamente utilizada pela fabricante em outros segmentos, desde produtos para IA até APUs, que combinam chips gráficos com processadores Ryzen.

No mesmo slide em que fala do crescimento da Vega, a AMD também disse que os produtos Radeon são utilizados por mais de 400 milhões de jogadores nos consoles e PC.

- Continua após a publicidade -

Na Computex deste ano, a empresa fez diversas apresentações importantes, incluindo a RX Vega 56 Nano, uma nova geração do Ryzen Threadripper e a demonstração da primeira GPU de 7nm do mundo.

Via: TechPowerUp
  • Redator: Mateus Mognon

    Mateus Mognon

    Mateus Mognon é formado em Jornalismo pela Universidade Federal de Santa Catarina. Vencedor do prêmio SET Universitário na Categoria Reportagem Digital, atua nos sites do grupo Adrenaline desde 2014. Atualmente, colabora para os veículos com notícias, análises e artigos envolvendo tecnologia e games.

Bingo pré-lançamento Radeon RX 6000. A Big Navi vai ser:

O que você achou deste conteúdo? Deixe seu comentário abaixo e interaja com nossa equipe. Caso queira sugerir alguma pauta, entre em contato através deste formulário.