Computex 2018: Asus lança watercoolers Ryou e Ryujin com fan para VRMs e painel de LED

A Asus apresentou uma nova geração de sistemas de resfriamento líquido AIO, o Ryujin e Ryou. Os novos produtos compensam um efeito negativo de colocar um watercooler: sem um fan sobre o processador, é reduzida a circulação de ar em torno da área do soquete, e por consequência os componentes nessa área são penalizados com maior aquecimento. Os novos produtos da Asus unem o watercooler tradicional com uma fan na área do soquete para manter ar sendo movido nessa região.

O watercooler também inclui um sistema RGB compatível com o Aura Sync e uma tela LED capaz de exibir informações do sistema, como aquecimento do processador ou velocidade de operação do sistema de resfriamento. Apesar da adição de uma fan, a Asus promete um funcionamento silencioso do produto, incorporando tecnologia Noctua na ventoinha de 60mm posicionada dentro da área da bomba. O produto é desenvolvido em parceria com a Asetek.


ROG Ryujin

A tela sobre a bomba possui 1,77 polegadas e resolução 160x128 com cores em 16-bit. Além de servir para mostrar status de seus componentes, a tela também pode receber imagens customizadas em JPG e até mesmo animações em GIF.

O Ryujin vem nas versões com radiadores de 240 e 360mm. O design dos componentes foi projetado para combinar com as gerações mais recentes de placas-mãe e placa de vídeo da linha ROG.De acordo com a Asus, esse produto gera apenas 29.7 decibéis em operação, sendo assim mais silencioso que seus rivais.

- Continua após a publicidade -


ROG Ryou

O Ryou é uma opção mais barata que ainda conta com a tela de OLED customizável. Ao invés da estrutura maior do Ryujin, o Ryou tem um visual mais básico porém ainda conta com iluminação LED RGB através de nove luzes. Esse produto chega com radiadores de 240 e 120mm, servindo para sistemas intermediários e também compactos. Tanto o Ryou quanto o Ryujin tem lançamento estimado para o terceiro trimestre do ano.

Fonte: ROG
Tags
  • Redator: Diego Kerber

    Diego Kerber

    Formado em Jornalismo pela Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC), Diego Kerber é aficionado por tecnologia desde os oito anos, quando ganhou seu primeiro computador, um 486 DX2. Fã de jogos, especialmente os de estratégia, Diego atua no Adrenaline desde 2010 desenvolvendo artigos e vídeo para o site e canal do YouTube

Qual vai ser o melhor game de outubro de 2020?

O que você achou deste conteúdo? Deixe seu comentário abaixo e interaja com nossa equipe. Caso queira sugerir alguma pauta, entre em contato através deste formulário.